CPI DOS COMBUSTÍVEIS
Comissão ouve representantes de distribuidoras e empresários
Luiz Carlos Barbosa e Rodimar Oliveira | Agência de Notícias - 18:08 - 22/02/2006
Deputado Kanan Buz preside a reunião
Deputado Kanan Buz preside a reunião

O presidente da CPI dos Combustíveis, deputado Kanan Buz (PMDB), abriu há pouco a reunião desta quarta-feira (22), no plenarinho da Assembléia Legislativa, que começa a ouvir o diretor jurídico e de operações da Shell, Antônio Ferreira Martins. Logo no início da reunião, o presidente leu uma carta enviada pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), na qual é dado total apoio aos trabalhos da CPI e informado que está sendo ampliado o monitoramento dos preços praticados nos postos de combustíveis. Também foram votados e aprovados três requerimentos.

O primeiro requerimento, da deputada e relatora da CPI, Leila Fetter (PP), solicita o depoimento do responsável pela empresa Tintas Rech, de Caxias do Sul, na audíência a serrealizada no município no próximo dia 6 de março. O requerimemnto da deputada Maria Helena Sartori (PMDB) pede para que sejam convocados os donos de postos de Caxias do Sul monitorados pela ANP. O último requerimento é da Distribuidora Latina pedindo cópia de gravação em vídeo da sessão de 14 de fevereiro passado, quando um reprewsentante da empresa prestou depimento à CPI.

Além do representante da Shell, também estão previstos os depoimentos dos representantes das distribuidoras Charrua Paulo Francisco Gama Merck e da Megapetro, Juarez Francisco Nonemacher. Do segmento de postos deverão falar o gerente do Carrefour (bandeira Ipiranga, de Canoas), Eustáquio Silva Agrizzi; a representante da Sonang (bandeira branca, de Esteio), Cleodete Vicentina Oliveira Toledo; o representante da Scharlau (bandeira Esso, de São Leopoldo), Jader Tortelli; e o sócio da garagem Jockey (bandeira Ipiranga, de Porto Alegre), Marco Aurélio Lemanski.

A CPI dos Combustíveis foi instalada em novembro do ano passado para apurar as razões da disparidade nos preços e investigar a prática de adulteração nos combustíveis comercializados no Estado. Até agora já foram ouvidos representantes de vários segmentos do setor, também através de audiências em cidades do interior do Estado, como Pelotas e Santa Maria, onde o preço médio da gasolina comum apresenta maior disparidade. No próximo dia 6 de março, a CPI realizará audiência na Câmara Municipal de Caxias do Sul.

Sob a presidência do deputado Kanan Buz (PMDB), também integram a CPI os deputados Aloísio Classmann (PTB), Edson Portilho (PT), Ciro Simoni (PDT), Heitor Schuch (PSB), Edson Brum (PMDB) e Jerônimo Goergen (PP), que está respondendo pela relatoria durante a licença da deputada Leila Fetter (PP).

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia
Rádio Assembleia
PRÊMIO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE CINEMA
COMISSÃO DE SEGURANÇA E SERVIÇOS PÚBLICOS
COMISSÃO DE FINANÇAS, PLANEJAMENTO, FISCALIZAÇÃO E CONTROLE
SESSÃO PLENÁRIA
» Veja mais

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30