IGUALDADE DE GÊNERO
Procuradoria da Mulher apresenta projetos e promove palestra sobre enfrentamento ao machismo
Olga Arnt - MTE 14323 | Agência de Notícias - 14:10 - 26/05/2017 - Edição: Sheyla Scardoelli - MTE 6727 - Foto: Divulgação
Um dos projetos a ser lançados é o Procuradoria Especial da Mulher na Estrada
Um dos projetos a ser lançados é o Procuradoria Especial da Mulher na Estrada
A Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa, coordenada pela deputada Manuela d Ávila (PCdoB), realiza nesta segunda-feira (29) o laçamento dos projetos que deverá desenvolver a partir deste ano. São seis iniciativas, que envolvem o combate ao machismo e à violência contra a mulher, o resgate da história da mulher no Parlamento gaúcho e empoderamento feminino. A apresentação das propostas será antecedida pela palestra Por que precisamos enfrentar o machismo, com a participação da idealizadora da campanha #Agoraéquesãoelas, Manoela Miklos, e do presidente do Instituto de Pesquisas Locomotiva, Renato Meirelles.

Procuradoria Especial da Mulher na Estrada é uma das iniciativas que serão desenvolvidas. O projeto tem o propósito de levar aos municípios gaúchos as ações realizadas pelo órgão, criado em 2015 pelo Legislativo gaúcho. No rol de projetos, está também o Seminário Educação Sem Machismo, cujo propósito é capacitar educadores e professores para que abordem o tema da desigualdade de gênero a partir de ferramentas que promovam a igualdade no ambiente de ensino.

Já o Cidade Amigas das Mulheres é um projeto-piloto, cujos objetivos são sensibilizar e qualificar estabelecimentos de serviços, turismo e comércio para um atendimento acolhedor sem machismo e preconceito. A experiência iniciará pela Capital e já conta com parceiros como a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Associação Brasileira de Empresas de Eventos (ABEOC) e Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Porto Alegre.

O Projeto Institucional da Procuradoria da Mulher tem o propósito de fomentar a criação de procuradorias da mulher nas câmaras de vereadores do Rio Grande do Sul e instituir a Ouvidoria da Mulher na Assembleia Legislativa. Por meio do projeto A História das Mulheres no Parlamento, a Procuradoria pretende reconstruir a trajetória de participação feminina na política a partir do resgate da memória das 35 deputadas que integram ou já integraram o Legislativo gaúcho.

Por fim, a Procuradoria apresentará as linhas norteadoras do projeto #Agoraéquesãoelas, voltado para os veículos de comunicação. A intenção é comprometer jornais, rádios, televisões e canais na Internet, a abrir espaços, com a regularidade de uma vez por mês, para que mulheres ocupem o lugar de homens colunistas e articulistas de áreas como política e esporte para tratar de questões de gênero.

O lançamento ocorrerá às 16h30min no Memorial do Legislativo, na rua Duque de Caxias, 1029.

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Procuradoria Especial da Mulher

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30