COMISSÃO DE CIDADANIA E DIREITOS HUMANOS
CCDH promove entrega de certificados aos jovens do projeto Curta Políticas Públicas
Francis Maia - MTE 5130 | Agência de Notícias - 12:24 - 11/11/2019 - Edição: Sheyla Scardoelli - MTE 6727 - Foto: André Lisbôa
A Comissão de Cidadania e Direitos Humanos promoveu hoje (11) a entrega de certificados às escolas que participaram da edição 2019 do Concurso Cultural Curta Políticas Públicas, uma iniciativa da Associação Nacional das Escolas Católicas. Os vídeos foram produzidos pelas escolas de Porto Alegre, Eldorado do Sul, Jabuticaba, Novo Hamburgo e Pelotas e abordaram temas como a gravidez na adolescência, violência contra a mulher e feminicídio e tráfico humano. A deputada Sofia Cavedon (PT) conduziu a solenidade, ao lado de professores e autoridades públicas.
 
Da entrega dos certificados participaram o secretário da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Catarina Paladini; Patrícia Sanchotene, pela secretaria da Educação; Daniela Lucca da Silva, da Corregedoria do Ministério Público; e Ildegard Lung, da Associação Nacional das Escolas Católicas.
 
Alunos e alunas das escolas participantes do projeto, que envolveu disciplinas como história, geografia, religião, sociologia e língua portuguesa ao longo do período letivo, e também visitas à escolas públicas, lotaram as dependências da sala João Neves da Fontoura, o Plenarinho, acompanhados de professoras e das orientadoras religiosas. Durante a solenidade, foram projetados os curtas Gravidez na adolescência, produzido e interpretado pelos jovens do 2º ano do Ensino Médio do Colégio Santa Catarina, de Novo Hamburgo, e Está tudo bem, realizado pelos estudantes do 3º ano do Ensino Médio do Centro de Educação e Cultura Cecília Meirelles, de Eldorado do Sul, que abordou a relação abusiva e feminicídio. Os jovens produziram curtas também sobre assédio e tráfico humano, em especial de crianças e adolescentes.
 
O secretário Catarina Paladini destacou o trabalho realizado pelos departamentos das Mulheres e da Juventude, e elogiou o empenho dos estudantes na apresentação dos temas. Antecipou que o site da Secretaria deverá divulgar os trabalhos participantes do certame deste ano.
 
A SEDUC informou que os curtas selecionados estarão disponíveis no endereço https://estado.rs.gov.br/secretaria-da-educacao , oportunizando a divulgação dos conteúdos. Pelo MP, a promotora Daniela Lucca destacou a importância da educação e o espaço de atuação das promotorias regionais para questões coletivas e extrajudiciais.
 
A deputada Sofia Cavedon, que preside a Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa, anunciou que deverá associar a comissão ao projeto do próximo ano, tendo em vista a importância da iniciativa junto às escolas e como temas do currículo escolar. Observou que o debate sobre as políticas públicas é fundamental para a construção da cidadania, uma vez que os temas pertencem ao contexto social e devem ser debatidos no ambiente escolar, como o machismo, feminicídio, suicídio, racismo e outros assuntos.
 
Construindo a cidadania
Logo em seguida, em audiência pública, os professores e alunos participaram de debate com o auditor do Tribunal de Contas do Estado, César Luciano Filomena, a delegada Viviane Nery Viegas, da Polícia Civil, a professora Aline Nervo Vanner, do Colégio Santa Catarina, de Novo Hamburgo, e os alunos Igor Casarildo, do educandário Cecília Meirelles, de Eldorado do Sul, e Aline Kronbauer Teixeira, do Instituto São Francisco, de Porto Alegre. A abordagem foi a respeito da construção e aplicação das políticas públicas do ponto de vista da educação, como forma de estimular a consciência social dos jovens.
 
O auditor do TC, César Luciano Filomena, explicou o papel da instituição na fiscalização da aplicação dos recursos públicos nas políticas sociais, e destacou a importância da construção da cidadania como ferramenta fundamental da democracia. A delegada Viviane Nery Viegas, diretora de Comunicação e Marketing da Polícia Civil, referiu o fato de os jovens estarem identificando o seu olhar para os problemas sociais, iniciando o aprendizado para compreender o ciclo das políticas públicas e a sua repercussão na sociedade.
 
Nas manifestações, os jovens relataram as pesquisas e o estudo que realizaram para a produção dos curtas, ingressando na problemática das consequências da gravidez precoce, o tráfico humano valendo-se da fragilidade dos trabalhadores vítimas da desemprego e o tema de maior impacto nas salas de aula, atualmente, que é o feminicídio e a violência contra a mulher.
© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Comissão de Cidadania e Direitos Humanos - audiência pública

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia
Rádio Assembleia
PRÊMIO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE CINEMA
COMISSÃO DE SEGURANÇA E SERVIÇOS PÚBLICOS
COMISSÃO DE FINANÇAS, PLANEJAMENTO, FISCALIZAÇÃO E CONTROLE
SESSÃO PLENÁRIA
» Veja mais

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30