SAÚDE
Lideranças definem estratégia para fortalecer o hospital de Lagoa Vermelha
Antonio Grzybowski - MTE 13273 | PL - 18:00 - 29/11/2019 - Foto: Antonio Grzybowski
Autoridades e lideranças participam do debate sobre a situação do Hospital São Paulo.
Autoridades e lideranças participam do debate sobre a situação do Hospital São Paulo.

A situação do Hospital São Paulo de Lagoa Vermelha foi debatida por lideranças políticas, empresariais e comunitárias de Lagoa Vermelha. A audiência pública promovida pela Comissão de Saúde e Meio Ambiente (CSMA) da Assembleia Legislativa gaúcha, proposta pelo deputado Paparico Bacchi (PL), foi realizada na tarde desta sexta-feira (29), no plenário da Câmara Municipal de Vereadores. O ato contou com a presença de vereadores, secretários municipais, profissionais da área da saúde, representantes de entidades e instituições da Região Nordeste do Estado, e dos deputados estaduais Rodrigo Lorenzoni e Zilá Breintenbach – presidente da CSMA.

Ao presidir os trabalhos o deputado Paparico Bacchi destacou o seu compromisso de trabalhar pelo fortalecimento dos hospitais regionais e demais pautas na área da saúde pública. “Por meio desta iniciativa o parlamento gaúcho oportuniza o diálogo e busca o entendimento sobre esta questão que é de interesse da comunidade local e regional”, afirmou o deputado Paparico Bacchi.

O encontro foi marcado pela discussão em torno de alternativas necessárias para fortalecer a instituição de saúde que é referência da Rede Cegonha aos municípios que integram a 6ª Coordenadoria Regional de Saúde. O hospital também é referência em urgência e emergência para os municípios de Lagoa Vermelha, Caseiros, Ibiraiaras e Capão Bonito do Sul.

As autoridades e lideranças presentes no ato centralizaram o debate no fato que surgiu ao final do ano de 2017, quando a fundação que administrava o hospital emitiu o aviso prévio para todos os funcionários, informando o fechamento da instituição. Na época, a administração municipal anunciou a intervenção e passou a fazer a gestão compartilhada do hospital. Desde então, foram iniciadas tratativas para a venda do hospital por meio de uma organização social que busca a filantropia.

Encaminhamentos
Conforme ata produzida a partir do debate realizado nesta sexta-feira, será criado um grupo de trabalho responsável por estruturar uma proposta de gestão do patrimônio do Hospital São Paulo. A intenção é que a gestão da instituição fique aos cuidados da Associação Municipal em Saúde, tendo como meta o atendimento de excelência aos usuários do Sistema Único de Saúde.

Presenças 
Participaram do debate a presidente da Câmara de Vereadores de Lagoa Vermelha, Márcia do Carmo; os vereadores Bráulio Guedes, Ariovaldo da Silva, Ruth Bussolotto, Ênio Vargas; os secretários municipais Eloir Morona (Saúde) e Idenir Deggerone (Planejamento); o administrador do Hospital São Paulo, Mateus Zucoloto, acompanhado pelo conselheiro do hospital, Miguel Pereira Ramos, e o diretor médico do hospital, José Mario Ceni Barreto; os presidentes da Associação dos Aposentados e Pensionistas, Otacilio de Oliveira, e do Sindicato das Indústrias da Construção e do Mobiliário de Lagoa Vermelha, Valter Ferreira da Silva; Também contribuiu com os encaminhamentos da audiência pública o promotor de Justiça, Felipe Barcelos.

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Deputados

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia
Rádio Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30