PLENÁRIO
Dr. Thiago Duarte registra no Grande Expediente os 120 anos de atuação da ACM no RS
Francis Maia - MTE 5130 | Agência de Notícias - 15:00 - 25/11/2021 - Foto: Celso Bender
O deputado Dr. Thiago Duarte (DEM) ocupou o espaço do Grande Expediente da sessão plenária híbrida desta quinta-feira (25) para prestar homenagem aos 120 anos de atuação da Associação Cristã de Moços no Rio Grande do Sul. Ele destacou o empenho e a atuação da entidade na área educacional, esportiva e comunitária. 

A presidente da ACM, Daniela Colussi, conselheiros e dirigentes da entidade participaram da homenagem no plenário 20 de Setembro. Logo em seguida, a Medalha da 55ª Legislatura foi entregue aos dirigentes da associação. 

Fundada em 26 de novembro de 1901, em Porto Alegre, a ACM atua nas áreas de esportes e lazer, ensino, desenvolvimento social e necrópoles. Entidade declarada de utilidade pública, atuam também em Canela, Santana do Livramento e Tramandaí. Na área de esportes, dispõe do maior complexo de atividades físicas do centro de Porto Alegre, academia localizada em Santana do Livramento e área de lazer e entretenimento em Tramandaí. E o Rincão do Coelho, acampamento localizado na divisa entre Canela e São Francisco de Paula

Da tribuna, o deputado Dr. Thiago Goulart enfatizou as áreas de atuação da associação. No ensino, com atividades voltadas para a Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio, Turno Integral, Cursos Técnicos, de Qualificação, Profissionalizantes e de Idiomas, oferecidas no Colégio ACM Centro, na capital, e ACM Rua da Praia, com cursos técnicos, pós-técnicos, de qualificação e de idiomas. Na região das Hortênsias, a entidade disponibiliza cursos técnicos, profissionalizantes, idiomas e Turno Inverso (Canela). 

No desenvolvimento social, são três espaços em Porto Alegre: ACM Cruzeiro do Sul, Morro Santana e Vila Restinga Olímpica. Os projetos especiais são o Projeto Borboleta e Bolsa Escola Acemista. As atividades comunitárias envolvem educação, esportes, capacitação profissional, convivência e orientação social, voluntariado e liderança, especialmente para crianças e jovens em situação de risco.

Além disso, a ACM administra o Cemitério Ecumênico João XXIII em Porto Alegre e o Cemitério e Crematório Ecumênico Parque das Araucárias, em Canela. 

“Frente aos inúmeros feitos que esta intuição tem realizado ao longo dos seus 120 anos nas áreas de aperfeiçoamento espiritual, moral, social de seus associados, usuários e beneficiários é que realizamos esta homenagem”, referiu o deputado. 

Na sua juventude, o parlamentar iniciou nos espaços da Associação as práticas esportivas e também recebeu os ensinamentos humanitários da entidade. Contou que participou de campeonato mundial de karatê no Japão, em que único ocidental a vencer foi jovem acemista, contou Duarte.  

A Associação no mundo 
Há 175 anos, o então comerciante inglês, George Williams transformou uma roda de orações na maior instituição filantrópica de trabalho com jovens do mundo - a Associação Cristã de Moços – YMCA. Na ocasião, o objetivo era oferecer aos jovens que se deslocavam a trabalho até Londres o incentivo à prática de princípios cristãos, assegurando a inclusão social. A entidade teve participação em eventos mundiais, prestando auxílio, em 1856, aos soldados durante a Guerra Civil dos Estados Unidos; em 1885, J. Gardner Smith, da Browery Branch, YMCA de Nova Iorque, iniciou o Corpo de Líderes para jovens do Departamento de Educação Física; e em 1891, o professor James Naismith, instrutor da YMCA Springfield College, inventou o Basquetebol para ser praticado como esporte de inverno. No ano de 1892, Naismith publicou pela primeira vez as regras oficiais do esporte que passou, no ano de 1936, a ser modalidade olímpica.

Na América Latina a ACM surgiu em 1893, no Rio de Janeiro. Em 1901, Henri Dunant, um dos fundadores da ACM, recebeu o primeiro Prêmio Nobel da Paz, pela criação da Cruz Vermelha Internacional. No ano seguinte, foi fundada a ACM de São Paulo. Em 1906, a entidade alcançou 722 mil associados em todo o mundo. Outro destaque foi a atuação na Primeira Guerra Mundial (1914-1918), através da mobilização de voluntários, numa atuação que alcançou mais de seis milhões de pessoas na Europa, Ásia e África. Durante o período das duas grandes guerras mundiais, cerca de mil veículos “Carros de Chá”, circularam pela Europa auxiliando populações atingidas pelos conflitos. Em 1946, em homenagem ao trabalho desenvolvido pela ACM no período de guerras, John Raleigh Mott, líder acemista, recebeu o Prêmio Nobel da Paz.

Na década de 30 do século passado, a Seção de Educação Física Infantil da ACM de Montevidéu criou o Futebol de Salão, motivado pela vitória do Uruguai na Copa do Mundo de Futebol. 

Presente em 120 países, a ACM reúne 65 milhões de pessoas em práticas comunitárias através do amparo a jovens e famílias de diferentes culturas, credos e raças.
© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Grande Expediente

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia
Rádio Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30