CPI DOS COMBUSTÍVEIS
Margem de lucro motivaria diferença nos preços
Marta Sfreddo | Agência de Notícias - 16:57 - 05/12/2005
Informação é do diretor da Receita Estadual, Luiz Bins
Informação é do diretor da Receita Estadual, Luiz Bins
O diretor da Receita Estadual, Luiz Antônio Bins, apresenta aos deputados da CPI dos Combustíveis a tributação aplicada para o setor no Estado e como a fiscalização dos produtos está sendo realizada pelo órgão. Para Bins, os tributos não são responsáveis pelas distorções nos preços dos combustíveis empregados no Rio Grande do Sul. A tributação, a carga elevada de impostos a incidência de fraudes - que considera uma das mais baixas em relação aos outros estados - são descartadas pelo diretor como as principais causas para diferenciação da importância cobrada dos consumidores para a gasolina, álcool e diesel. De acordo com ele, a margem de lucro dos postos de combustíveis, uma das mais altas do País, pode determinar esta diferença entre os municípios.

Os deputados devem ouvir ainda na tarde desta segunda-feira o fiscal de tributos estaduais Enio Nallen. A reunião, que acontece na sala José Antônio Lutzenberger - no 4º andar -, está sendo presidida pelo deputado Kanan Buz (PMDB).
 
© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30