COMBUSTÍVEIS
CPI volta a negociar redução dos preços
Marta Sfreddo | Agência de Notícias - 08:37 - 13/02/2006
CPI faz reunião extraordinária na segunda-feira
CPI faz reunião extraordinária na segunda-feira

Depois de realizar interiorização em Pelotas, na terça-feira (7), a CPI dos Combustíveis volta a se reunir na Assembléia Legislativa para dar andamento às investigações que apuram a disparidade nos preços e a prática de adulteração do produto comercializado no Rio Grande do Sul. Estão agendadas duas reuniões para a próxima semana: uma extraordinária, na segunda-feira (13), com o objetivo de buscar alternativas para baixar o preço dos combustíveis, e outra na terça-feira (14), para ouvir testemunhas.

A reunião extraordinária de segunda-feira, às 14h, é mais uma tentativa de negociar com os setores envolvidos a redução dos preços dos combustíveis no Estado. Para tanto, a CPI volta a reunir em torno da mesa de negociações o secretário estadual da Fazenda, Paulo Michelucci, o diretor-executivo do Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis (Sindicom), Alísio Vaz, o presidente do Sindicato dos Revendedores de Combustíveis (Sulpetro/RS), Antônio Goidanich, o superintendente de Fiscalização da Agência Nacional de Petróleo (ANP), Jefferson Paranhos dos Santos, e o sub-procurador-geral de Justiça para Assuntos Institucionais em exercício do Ministério Público, Eduardo de Lima Veiga.

Representantes de três distribuidoras – Latina Distribuidora de Petróleo, Chevron Brasil e Megapetro – foram convocados como testemunhas da audiência, que acontece na terça-feira, também às 14h, no plenarinho da Assembléia. Na mesma reunião, os integrantes da CPI  devem ouvir ainda os diretores administrativo e financeiro do Sindicato das Empresas de Transporte de Carga do Estado (Setcergs), Leandro Bortoncello e Luiz Carlos Cadore.

A CPI, presidida pelo deputado Kanan Buz (PMDB) e relatada pela deputada Leila Fetter (PP), já tem marcadas duas novas reuniões de interiorização. No dia 20 de fevereiro, a comissão se desloca para Santa Maria e, no dia 6 de março, para Caxias do Sul, cidades onde o preço médio da gasolina comum apresenta maior disparidade. As reuniões serão realizadas nas câmaras municipais.

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30