ARTIGO
Ferrosul: O RS nos trilhos com o Brasil
Jerônimo Goergen* | PP - 10:17 - 28/10/2009

O próximo dia 13 de novembro será um marco histórico para o transporte ferroviário do RS e do país. Nesta data, como já confirmou a governadora Yeda Crusius a prefeitos gaúchos e parlamentares, será ratificado o protocolo para criação da Ferrosul entre os Estados do RS, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul, durante reunião do CODESUL no município de Bonito (MS). Esta empresa será partilhada entre os quatro Estados, em um modelo semelhante ao BRDE. Um trecho da Ferrovia já está aprovado até Chapecó (SC), faltando apenas a confirmação do apoio político do governo gaúcho que será efetivado no Mato Grosso do Sul.

Tive a oportunidade de estar em Curitiba na companhia de prefeitos do Norte e Noroeste gaúcho, em visita técnica à sede da Ferroeste, empresa que faz a malha Ferroviária no sudoeste do Paraná e desenvolve o projeto da ligação dos Estados do Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e agora Rio Grande do Sul. Vejo este passo como vital e transformador do modal logístico de nosso Estado e do desenvolvimento econômico também do país, já que fará a efetiva ligação entre o Norte e o Sul do Brasil. Formaremos um grande cinturão de escoamento da produção da região sul para o restante do país e Mercosul. De acordo com estudos elaborados pela Ferroeste, em quatro anos seria possível concretizar a obra, sendo o ingresso nesta malha ferroviária um grande impacto econômico em 238 municípios gaúchos. Sem dúvida, um avanço sem precedentes.

Nesta conquista histórica, a ferrovia ocuparia o espaço de um imensa fronteira agrícola, abrangendo expressivas zonas produtoras de grãos em um corredor fantástico de escoamento. Teremos investimentos em usinas de biocombustíveis e o favorecimento para o transporte de todo tipo de grãos, o que representará alta competitividade e redução de custos para o RS. Nosso compromisso é garantir também a segurança de que não haverá perdas no setor rodoviário, já que entendemos que um ramal de trem como este trará um aumento do volume na demanda.

As tratativas para criar a Ferrosul nasceram em Nonoai, município por onde o ramal da Ferrovia irá ingressar no Estado. Ela compreende a implantação de trilhos com bitola dupla, viabilizando uma velocidade de 120 a 160 Km/h que poderão servir, inclusive, para transportes de passageiros. O único investimento do governo gaúcho seria para montagem do projeto.

Já protocolamos na AL-RS solicitação para formar Comissão de Representação Externa para tratar da implantação da Ferrovia junto aos municípios gaúchos, colhendo sugestões das necessidades locais. Estaremos tratando também com o ministro dos Transportes Alfredo Nascimento e a bancada Federal sobre o projeto. Além disso, já há na Assembléia requerimento de audiência pública junto à Comissão de Economia e Desenvolvimento sobre a Ferrosul, o que se transformará em grande seminário envolvendo governos e parlamentos para afinar entendimentos. Com a entrada do governo gaúcho neste processo da Ferrosul, inicia-se uma agenda de governadores em torno da implantação desta empresa pública, que irá vertebrar o Brasil, através da integração destes quatro Estados, com uma ferrovia do século 21, que irá provocar, sem dúvida, uma revolução logística no interior do país. É o que estamos empenhados em fazer.

* Deputado estadual  

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia
Rádio Assembleia
COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR E DE PARTICIPAÇÃO LEGISLATIVA POPULAR
COMISSÃO DE ECONOMIA, DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E DO TURISMO
COMISSÃO DE SEGURANÇA E SERVIÇOS PÚBLICOS
» Veja mais

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30