ARTIGO
Sempre um professor!
Daniel Bordignon* | PT - 08:39 - 15/10/2013
No dia a dia da minha vida parlamentar, costumo tratar de uma infinidade de temas, que busco por opção política, por considerá-los importantes para o estado e o país, ou que se colocam à nossa frente, trazidos por eleitores, lideranças e autoridades. Muitos destes assuntos são de altíssima prioridade para as pessoas, comunidades e setores envolvidos. Mas é a pauta da educação, indiscutivelmente, que mobiliza de uma forma mais profunda e urgente, sempre, tanto minhas forças como as minhas emoções.
 
O motivo é simplesmente porque, antes de ser um deputado, ou de ter sido vereador ou prefeito, muito antes disso, fui, sou e continuarei sendo sempre um professor. Esta é minha principal identidade como pessoa, como trabalhador e cidadão que busca contribuir para uma sociedade mais justa, a partir do ponto de vista de quem se construiu como ser humano e se forjou como militante político nas salas de aula, na relação com meus colegas e com meus alunos.
 
É nesta condição, como professor, que me dirijo com uma saudação muito especial a todos os professores e professoras do nosso estado e também do Brasil, onde chegue esta mensagem, com calorosas felicitações pelo seu dia. Lembramos, sim, que a condição de docente não se deixa nunca, exerce-se todos os dias, até mesmo em férias, mas hoje é um dia de externarmos todos e todas nossa gratidão e admiração por quem realiza o mais essencial de todos os trabalhos na formação de uma sociedade.
 
Ao mesmo tempo, minha longa militância como dirigente sindical, à frente das lutas do Cpers/Sindicato, também não me permite deixar de fazer algumas breves referências à situação de nossa categoria. Toda a nossa luta histórica continua fazendo sentido, por valorização, por qualificação, por relações democráticas com o estado na construção de uma escola inclusiva, que faça a diferença na vida da nossa população, principalmente a mais carente, na superação das desigualdades e injustiças.
 
Mas acho necessário apontar também, e pedir a atenção de vocês, para as conquistas que tivemos ultimamente, por obra de quem, sim, tem grande compromisso com a educação. É importante nos perguntarmos, para uma avaliação justa e correta se a situação de hoje é melhor ou pior do que no final de 2010. Seja qual for a área analisada, do meu ponto de vista, a resposta é “sim, a educação está melhor”, embora ainda haja muito que se avançar, logicamente.
 
O mais significativo é que se inverteu uma tendência de sucateamento, de desvalorização, e os investimentos em educação foram ampliados. Acabaram as escolas de lata e mais de mil prédios escolares estão sendo completamente reformados, além da construção de novas escolas. Nosso governo também realizou os concursos públicos que eram reclamados para a contratação de professores e reduziu os contratos emergenciais.
 
Sobre a questão fundamental dos salários, ainda que persista o impasse da aplicação do piso em todos os níveis, ninguém recebe menos que o valor do piso nacional (40 horas). Além disso, estão sendo concedidos aumentos acima da inflação aos trabalhadores da educação, que até 2014 somarão 50% de aumento real, algo que é inédito, sem precedentes, no nosso estado. Também ampliou-se a autonomia financeira das escolas e as direções passaram a ser eleitas pelo voto direto e proporcional da comunidade escolar.
 
O principal resultado disso tudo, o objetivo maior da educação, é que aumentou o índice de aprovação nos ensinos fundamental médio, ou seja, melhorou a qualidade de aprendizagem dos alunos. Tudo isso foi conquistado e foi merecido, e mais está por vir, no estado e no país, porque a educação realmente é uma prioridade para o governador Tarso Genro e para a presidenta Dilma Rousseff, isso eu posso garantir. Com todo o carinho e a admiração que tenho pelos meus colegas professores e professoras, por sua luta, por seu trabalho, parabéns, e o meu abraço!
 
* Deputado estadual e professor de História
© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30