SEGURANÇA
Pendências no Complexo Prisional de Canoas preocupam os deputados Nelsinho e Jeferson Fernandes
Marcio Stefani MTb 17305 | PT - 15:22 - 18/05/2015 - Foto: Marcio Stefani

A preocupação com as pendências que impedem o início das operações da Penitenciária Estadual Canoas 1, motivou a visita do presidente da Comissão de Segurança e Serviços Públicos, deputado Nelsinho (PT), junto com o deputado Jeferson Fernandes (PT), que preside a Comissão de Cidadania e Direitos Humanos e é relator da Subcomissão da Situação Carcerária da Assembleia, na manhã de segunda-feira, 18.

O Complexo Prisional é composto por quatro presídios que funcionarão de forma independente e abrigarão 2.800 detentos. Para o deputado Nelsinho, é necessário que o estado priorize o projeto em função dos grave problema carcerário e o degradante ambiente do Presídio Central de Porto Alegre. "O modelo do Complexo de Canoas deve ser diferente do empregado atualmente. Os detentos devem ser integrados ao sistema de produção. É importante que o preso trabalhe, estude, e o Estado possibilite as condições para a reinserção na sociedade", lembrou o parlamentar. "O estado precisa dar uma resposta efetiva sobre as pendências no Complexo de Canoas", reforçou Nelsinho.

Também deputado Jeferson Fernandes afirma que deixar de tomar as medidas necessárias para viabilizar a Penitenciária de Canoas, além de permitir que o Presídio Central continue lotado, pode representar o desperdício do dinheiro público, com a deterioração das obras já feitas e dos equipamentos. “Não podemos deixar isso acontecer”, pontuou o deputado Jefferson.

Segundo Joel Amaral, coordenador da Penitenciária Estadual Canoas 1 - primeiro módulo que abrigará 384 presos, a estrutura e os principais equipamentos do presídio já estão no local, aguardando o término de instalações como a subestação de energia elétrica e os acessos viários ao complexo. "Há a possibilidade de entre 90 a 100 dias estar tudo pronto”, ressaltou Amaral. Na visita, foi informado aos deputados que, no último período, se repassou cerca de R$ 400 mil, faltando mais R$ 1,4 milhão para as obras de acesso ao complexo.

Acompanhou a vistoria, o secretário municipal de Segurança Pública de Canoas, Adriano Klafke.

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Deputados

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30