ARTIGO
Aumentar impostos não é a solução
Sérgio Turra* | PP - 11:27 - 10/08/2015

O Rio Grande do Sul passa por uma grave crise financeira, que requer um enfrentamento sério, objetivo e firme. Isso é indiscutível. Todavia, as medidas para atacar esse problema não podem gerar mais sacrifícios à população. E essa será a consequência de uma proposta que está sendo cogitada: o aumento do ICMS. Em um período de retração, a elevação de impostos será mais uma dura pena para quem empreende.

A situação já é adversa: os juros estão em plena escalada, assim como a inflação e o desemprego. Subir os tributos será mais um balde de água fria na economia. Para as empresas, o reflexo é previsível: investimentos deixarão de ser realizados e os prejuízos crescerão, principalmente na indústria. E isso chegará ao trabalhador, que já tem seu orçamento comprometido com a expansão do preço de produtos e serviços. Em resumo, o potencial destrutivo é enorme. E o tiro, por mais bem-intencionado que seja, sairá pela culatra.

Ora, o que precisamos agora é justamente do remédio contrário: mais incentivos a quem faz a roda da economia girar. Esse esforço envolve, entre outras ações, redução da burocracia. A experiência histórica comprova um fato: as nações mais desenvolvidas são aquelas em que as pessoas são mais livres para empreender, gerar emprego e renda. Com isso, mais negócios acontecem, movimentando o mercado e elevando, de forma orgânica, a arrecadação para os governos.

O momento também é propício para debates sobre questões estruturais. Temos um Estado gigantesco, que avança sobre setores em que não deveria estar e se mostra insuficiente no que é essencial. Portanto, precisamos reduzir a máquina pública – eliminando estruturas que só geram gastos para os gaúchos, fazendo privatizações e estabelecendo parcerias público-privadas. 

Ou seja: há outras medidas a tomar para que o Rio Grande do Sul retome a via do desenvolvimento. De fato, a crise que atravessamos é profunda e levará tempo para ser superada. Mas a solução para ela não passa pelo aumento dos impostos.

*Deputado Estadual

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul
Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000

Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30