ARTIGO
Transplantes: antes do sim
*Adilson Troca | PSDB - 16:47 - 28/08/2015
Sejamos realistas: neste exato instante, enquanto você lê este texto, 32.000 mil brasileiros, dos quais 1.212  gaúchos, encontram-se inscritos na espera por um transplante. Para deixar de fazer parte desta dura estatística é preciso contar com a solidariedade alheia.
 
Os números apresentados no início de agosto pela Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO) mostram que no país 44% das famílias dizem não a doação de órgãos. Este entrave só pode ser superado pelo diálogo franco em casa, com base em muita informação.
 
Para ampliar o número de transplantes realizados pesam questões técnicas, estruturais, mas o mais simples já contribuiria muito. Trazer a discussão da doação de órgãos para o cotidiano, superando os preconceitos que atravancam o processo.
Antes do sim, existe a dúvida. Existe o não.  
 
É preciso estimular conversas positivas, conscientes e certezas capazes de salvar vidas. Na difícil hora da decisão, a falta de diálogo em casa acaba impedindo que diversas vidas sejam beneficiadas. Um único sim pode salvar até oito pessoas.
Eu sou doador de órgãos. Hoje conversarei novamente com minha família sobre esta escolha. Que tal fazer o mesmo?

*Deputado Estadual,
presidente da Frente Parlamentar de Estímulo à Doação de Órgãos
© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia
Rádio Assembleia
COMISSÃO DE ECONOMIA, DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E DO TURISMO
» Veja mais

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul
Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000

Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30