SEGURANÇA PÚBLICA
Tráfico de drogas é a causa de mais de 50% das prisões no Rio Grande do Sul
Olga Arnt - MTE 14323 | Agência de Notícias - 15:34 - 04/09/2015 - Edição: Marinella Peruzzo - MTE 8764 - Foto: Luiz Morem
Painelistas discutiram medidas para melhorar a situação dos presídios
Painelistas discutiram medidas para melhorar a situação dos presídios

O tráfico e o consumo de drogas são o motivo de mais de 50% das prisões no Rio Grande do Sul, enquanto os homicídios e os latrocínios respondem por pouco mais de 3% do encarceramento nas cadeias gaúchas. Os números foram apresentados hoje pela manhã (4) no segundo painel do seminário sobre a Situação da Segurança Pública, promovido pela Comissão de Segurança e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa. O painel foi coordenado pelo deputado Jeferson Fernandes (PT), autor do relatório sobre a situação do sistema prisional no Rio Grande do Sul.

O juiz da 2ª Vara de Execuções Penais de Porto Alegre Sidinei Brzusca, revelou que a grande maioria dos presos no Rio Grande do Sul tem entre 18 a 24 anos e não terminaram o ensino fundamental. “Os motivos da prisão mudaram. Hoje, o tráfico de drogas responde por mais de 50% delas, mas o perfil dos encarcerados continua o mesmo há décadas. São jovens e com pouca instrução”, sintetizou.

Já o procurador de Justiça Gilmar Bortolotto sustentou que a sociedade deve disputar a mão de obra com o crime organizado. “O crime é um mercado como qualquer outro. Opera com código próprio e tem metodologia para aliciar a mão de obra de que necessita. A sociedade deve disputar esta mão de obra”, defendeu.

Para isto, ele recomendou a adoção de uma política de atendimento ao egresso do sistema prisional e programas de tratamento à dependência química. “Isso é fundamental para barrar a criminalidade. Pois, se a sociedade acha que está no fundo do poço, é preciso lembrar que o poço tem porão.”

No final do encontro, o deputado Jeferson Fernandes afirmou que o relatório sobre o sistema prisional gaúcho, realizado a partir dos trabalhos da Subcomissão para Tratar de Temas Pertinentes ao Sistema Prisional, faz 21 recomendações para melhorar a situação das prisões do Rio Grande do Sul. As sugestões envolvem desde a realização de obras de infraestrutura e implantação de assistência psicossocial e jurídica aos presos à aprovação do projeto de lei, do deputado Tiago Simon (PMDB), que cria um fundo de reaparelhamento do sistema penitenciário gaúcho.

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Comissão de Segurança e Serviços Públicos

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30