ARTIGO
Uma eleição para a História
Marcel van Hattem* | PP - 11:05 - 03/12/2015

Algumas eleições entram para a história política de seu país, de um continente ou do mundo todo. As eleições que ocorrerão na Venezuela, no domingo (6), estão nessa categoria. As pesquisas apontam que o governo de Maduro sofrerá uma derrota e perderá a maioria no Parlamento, enfraquecendo o bolivarianismo em seu berço. Mais do que a derrota na Argentina, um fracasso na Venezuela seria um desastre para o projeto bolivariano do Foro de São Paulo (uma aliança de partidos e organizações de esquerda em todo o continente latino-americano fundada por Lula e Fidel).

O ambiente no qual o pleito ocorrerá é uma mistura de violência, falta de transparência e ameaça ao Estado de Direito. Na quarta-feira (25), um líder da oposição foi morto a tiros em um comício no qual a esposa de Leopoldo Lopez, preso político, discursava.

Uma semana antes disso, Maduro dissera que, mesmo que perdesse as eleições, “não entregaria a revolução”, governaria “em aliança cívico-militar”, e que “a revolução entraria em uma nova etapa” – uma clara ameaça de não respeitar as urnas e usar da força para seguir sua ditadura. Para que fique claro: só há Estado de Direito e Democracia quando o governante, eleito, se submete à Lei – e Maduro nega-se a isso.

O TSE desistiu de mandar representantes brasileiros para acompanhar a delegação da Unasul, devido ao veto imposto pela Venezuela ao ex-Ministro Nelson Jobim – o que faz crescerem as suspeitas de manipulação do resultado ou dos procedimentos eleitorais. Não há como assegurar a lisura da eleição conduzida em um ambiente desses, onde o governo parece ter algo a esconder.

Há apenas uma certeza: essa eleição será histórica, e seu resultado pode marcar a derrocada do bolivarianismo e do plano do Foro de São Paulo para a tomada do continente. Viajarei a Caracas para acompanhar as eleições como observador internacional, a convite da MUD – Mesa de la Unidad Democrática – coligação de oposição a Maduro. Torço por eleições limpas, pacíficas e que, ao final, o Estado de Direito, a Democracia e a Liberdade sejam vencedoras.

*Deputado estadual

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia
Rádio Assembleia
PODCAST
22/10/2021 15:00 Semana AL em 60 segundos
COMISSÃO DE EDUCAÇÃO, CULTURA, DESPORTO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA
COMISSÃO DE ECONOMIA, DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E DO TURISMO
» Veja mais

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30