ARTIGO
Terceira pista em todas as rodovias
Aloísio Classmann* | PTB - 10:15 - 01/07/2016
O ideal era termos a grande maioria de nossas rodovias estaduais duplicadas, bem sinalizadas e conservadas. Isto é praticamente um sonho, mas tenho esperanças de que, no futuro, conseguiremos alcançar este objetivo. Enquanto isso, venho defendendo a implementação da terceira pista em pontos críticos das estradas.
 
Apresentei, para este fim, o projeto de lei 209/2014, que cria o Programa de Implementação da Terceira Faixa em Rodovias Estaduais. Também protocolei a emenda 18 à Lei de Diretrizes Orçamentárias(LDO), que prioriza a conservação e a implementação da 3ª pista nas estradas gaúchas. A proposta foi acolhida pelos colegas parlamentares em Plenário.
 
Ela busca dar fluidez ao tráfego e diminuir a letalidade em acidentes nas rodovias gaúchas. A ideia é de estabelecer mais do que um instrumento para escoar a produção, mas de melhora no fluxo de veículos e para proteger vidas tentando frear os altos índices de mortalidade por acidentes. Sabemos que as ultrapassagens originam um risco inerente às rodovias. O Estado não pode se ausentar da responsabilidade dos riscos de acidentes e nem dos elevados índices de acidentes. Caminhões, os chamados cargas pesadas, não conseguem desenvolver uma velocidade compatível com o tráfego seguido pelos veículos leves.
 
A construção de uma terceira faixa é uma saída nesses trechos considerados críticos. Ela é destinada aos veículos mais lentos. A potencialidade para evitar acidentes é evidente e urge que o poder público lance mão desse instrumento como mais uma política pública voltada à segurança do tráfego. Sugiro que a Secretaria Estadual dos Transportes realize o Programa de Implementação da Terceira Faixa começando pelos trechos das rodovias em que ocorre o maior número de acidentes, que possuam poucos pontos de ultrapassagem e tenham aclives que reduzam drasticamente a velocidade.
 
Daqui para frente, qualquer rodovia a ser construída deverá ter no mínimo uma terceira faixa em seus pontos críticos. Estudo desenvolvido pela Universidade de São Paulo (USP), sobre critérios para a implantação de faixas adicionais sem rampas ascendentes das rodovias brasileiras, concluiu que 78% da variação na taxa de envolvimento de caminhões em acidentes podia ser explicada pelo tráfego em pista simples. O índice cairá apenas com a inserção de mais uma pista de rodagem. Esta é a contribuição que a terceira faixa poderá dar!
 
*Deputado Estadual
© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia
Rádio Assembleia
COMISSÃO DE ECONOMIA, DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E DO TURISMO
» Veja mais

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul
Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000

Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30