ARTIGO
A insegurança que assusta os gaúchos
Juliano Roso* | PC do B - 14:38 - 26/07/2016
Recente estudo feito pelo Instituto de Pesquisa Index realizado em 30 cidades gaúchas indica que 73,9% dos entrevistados afirmam que a violência cresceu nos últimos 12 meses. Pelo menos 84% dos entrevistados disseram ter medo de caminhar na rua à noite. Esse medo encontrado nesses números é visível no cotidiano.
 
A falta de investimentos na segurança pública do Rio Grande do Sul torna os cidadãos reféns dos bandidos. Os índices de criminalidade, estampados em manchetes de jornais diariamente, são alarmantes e colocam em risco o bem-estar de toda a sociedade.
 
Do outro lado, as forças de segurança sofrem com o descaso. Com equipamentos sucateados, salários parcelados e corte nas diárias, a Brigada Militar sofre também com o diminuto efetivo. De acordo com a Associação dos Policiais Militares do RS (APM/RS), o número de policiais previsto para a corporação é de 33 mil policiais. No entanto, o policiamento conta com apenas 17 mil homens. Na Polícia Civil, a história se repete. Enquanto isso, centenas de pessoas aprovadas em concurso público aguardam o chamado do governo gaúcho. São cerca de 650 para a Polícia Civil e outros 2 mil para a Brigada Militar e Corpo de Bombeiros.
 
Por isso, cabe aos gaúchos cobrar do governo do Estado soluções urgentes para essa área prioritária para que possamos sair de casa com segurança e sem medo.
 
*Deputado Estadual
© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul
Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000

Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30