ARTIGO
Um voto de confiança no futuro
Sérgio Turra* | PP - 16:03 - 23/11/2016

O Rio Grande do Sul vive a mais grave crise de sua história. O momento é difícil, mas não se resolverá apontando dedos ou terceirizando responsabilidades. A sociedade gaúcha precisa se unir em torno de soluções que garantam a sustentabilidade do Estado, não apenas para o agora, mas para os próximos 10, 20, 30 anos.

O novo pacote de medidas anunciado pelo governador José Ivo Sartori indica esse caminho. O conjunto de propostas é, de fato, muito duro. Mas não existem saídas fáceis diante da crise que vivemos — que levou o Piratini, inclusive, a decretar estado de calamidade financeira. Para este ano, o déficit previsto pelo Executivo é de R$ 2,36 bilhões. Sem o pacote, o rombo deve chegar a R$ 8,8 bilhões até 2018.

Fazer escolhas é um ato de coragem. Seguimos financiando estatais deficitárias ou garantimos os repasses para saúde e educação? Continuamos com estruturas antigas de gestão ou asseguramos o pagamento em dia para os servidores? Sucumbimos às pressões corporativas ou reforçamos a segurança pública?

O que está em jogo não são ideologias ou projetos políticos de governo. São cidadãos que merecem um atendimento de saúde digno. São pais que se angustiam a cada vez que os filhos saem de casa, pois vivem com o coração na mão pela falta de segurança. É um sistema de ensino sucateado, sem infraestrutura e sem a merecida valorização aos professores. São trabalhadores que contam com a incerteza de receber em dia pelos seus vencimentos. É a vida real. É o nosso futuro, que está muito acima de teses ou partidos.

Temos de agir, e é agora. Reforçar a eficiência na máquina pública e garantir o financiamento dos serviços essenciais são alguns dos caminhos para o Estado encontrar o rumo do equilíbrio orçamentário — e, ao mesmo tempo, voltar a crescer e ser mais justo.

No último ano, fui contra o aumento dos impostos, por entender que não era a solução para a crise. O novo pacote do governo ainda não resolve todos os problemas. Mas aponta uma direção. Com a legitimidade de quem representa a população, a Assembleia tem nas mãos a responsabilidade de avaliar com muita seriedade a proposta e se unir em torno de um Estado que funcione e seja capaz de garantir as necessidades dos gaúchos. É hora de darmos um voto de confiança no futuro do Rio Grande.

*Deputado estadual, líder do PP

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30