ARTIGO
O legado da CPI das Próteses
Missionário Volnei* | PR - 15:45 - 16/06/2017

No primeiro ano de meu mandato nesta casa, em 2015, fui presidente da CPI das Próteses e Medicamentos. A comissão investigou a atuação da chamada “máfia das próteses”. Médicos que realizavam cirurgias, normalmente de coluna, que eram desnecessárias e superfaturadas em até 700 %. Na conclusão dos trabalhos, a Comissão encaminhou uma série de recomendações e pediu o indiciamento de vários profissionais.

 Vejo agora que o trabalho da nossa comissão continua surtindo efeito e provocando mudanças importantes. O Tribunal de Justiça recebeu, nesta semana, denúncia contra mais quatro médicos que foram ouvidos e investigados pela CPI da assembleia. Antonio Carlos Sábio Júnior, Henrique Alves Cruz, Marcelo Leal Tafas e Alfredo Sanchis Gritsch foram denunciados por organização criminosa e estelionato, passando à condição de réus em processo criminal.

 Durante o nosso trabalho, milhares de vítimas foram identificadas pela Comissão. São histórias dramáticas reveladas pela CPI. Além dos médicos, participavam do esquema empresas que negociavam as próteses e advogados. Dezenas de pessoas envolvidas foram ouvidas e, a partir deste trabalho, muita coisa mudou.

 Com as informações repassadas pela CPI, e divulgadas nos principais veículos de comunicação do estado e do país, esta máfia passou a ser enfrentada. As pessoas também passaram a se proteger melhor contra os golpes destes profissionais. Com a decisão do nosso Tribunal de Justiça, podemos afirmar que a CPI das Próteses não terminou em pizza. Pelo contrário, trouxe grandes avanços, o que reconheço como uma vitória deste parlamento, da justiça e da sociedade gaúcha.

* Deputado estadual

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul
Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000

Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30