COMISSÃO DE SAÚDE E MEIO AMBIENTE
Atrasos nos repasses da Saúde ameaçam alimentação de pacientes em hospital de Rosário do Sul
Francis Maia - MTE 5130 | Agência de Notícias - 15:40 - 08/11/2017 - Edição: Sheyla Scardoelli - MTE 6727 - Foto: Vinicius Reis
Sem recursos, o Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, de Rosário do Sul, tem dificuldade até para alimentar os pacientes, alertou hoje (8) dirigente do Sindisaúde em reunião da Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Assembleia, presidida pelo deputado Altemir Tortelli (PT). O órgão técnico do Legislativo acumula reclamações alarmantes de hospitais municipais em situação falimentar diante da escassez de recursos e tem buscado, sem sucesso, agendar audiência com o secretário da Saúde, João Gabbardo, para esclarecimentos sobre previsão de atualização dos repasses do governo aos hospitais.
 
Conforme Márcio Santana, presidente do Sindisaúde de Rosário do Sul, o Hospital Nossa Senhora Auxiliadora acumula R$ 700 mil em atraso de repasses dos últimos quatro meses. Ao pedir o apoio dos deputados durante o espaço de Assuntos Gerais, o dirigente sindical explicou que as dificuldades atingem não só a estrutura de saúde e funcional, mas começam a comprometer até mesmo a alimentação para os pacientes. É o único hospital de Rosário do Sul, na Fronteira Oeste, onde o hospital de Santana do Livramento também registra situação precária de funcionamento, conforme relatou vereador daquela cidade à comissão, na semana passada. Na comitiva de rosarienses estava também a vereadora Maria Eugênia (PDT), o vereador Álvaro Gonçalves (PRB), e Leonardo Badinelli, do conselho fiscal do Sindisaúde.
 
Os deputados voltaram a reclamar das recusas do secretário Gabbardo em participar de audiência na Assembleia para tratar desse assunto. Tarcísio Zimmermann (PT), que fez um levantamento da situação dos hospitais gaúchos no ano passado, através de comissão especial, disse que a situação de Rosário do Sul não é isolada. Ele protocolou pedido de audiência pública para tratar da situação dos hospitais de Tupanciretã, Soledade, Santana do Livramento e da Beneficência Portuguesa, em Porto Alegre, sugerindo a inclusão também de Rosário do Sul. Da mesma forma Gerson Burmann (PDT) insistiu na presença do dirigente da Secretaria da Saúde na comissão, para explicar as normativas que estão orientando a liberação dos repasses, que acumulam agora atrasos de quatro meses. Outros temas aguardariam posicionamento do secretário, como falhas administrativas que teriam resultado na suspensão das remessas de equipamentos aos estomizados, em torno de nove mil pessoas que dependem semanalmente das bolsas de apoio.
 
Ordem do Dia
Durante o período da Ordem do Dia da reunião, foram aprovados dois requerimentos de audiências públicas, sendo uma para debater as dificuldades sofridas pela população de estomizados do Estado, iniciativa do deputado Valdeci Oliveira (PT), e outra para tratar das condições de trabalho e situação dos trabalhadores da JBS e das demais empresas da Holding J&F Investimentos, após a Operação Carne Fraca da Polícia Federal, atendendo pedido da Confederação Brasileira Democrática dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação.
 
Presenças
Compareceram na reunião os deputados Altemir Tortelli (PT), presidente; Valdeci Oliveira (PT), vice-presidente; Tarcísio Zimmermann (PT); Edson Brum (PMDB); Gerson Burmann (PDT); Pedro Pereira (PSDB); Sérgio Peres (PRB); e Ronaldo Santini (PTB).
© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Comissão de Saúde e Meio Ambiente-Audiência pública

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia
Rádio Assembleia
COMISSÃO ESPECIAL PREVIDÊNCIA PÚBLICA
COMISSÃO DE SAÚDE E MEIO AMBIENTE
COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR E PARTICIPAÇÃO LEGISLATIVA POPULAR
» Veja mais

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul
Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000

Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30