BALANÇO 2017
Superintendência de Comunicação e Cultura amplia presença da AL nas redes sociais
Letícia Rodrigues - MTE 9373 | Agência de Notícias - 08:30 - 19/01/2018 - Edição: Sheyla Scardoelli - MTE 6727 - Foto: Guerreiro
Superintendente de Comunicação, Marcelo Nepomuceno, destacou novo posicionamento nas redes sociais
Superintendente de Comunicação, Marcelo Nepomuceno, destacou novo posicionamento nas redes sociais

Em 2017, a Superintendência de Comunicação e Cultura atuou na intensificação da presença da Assembleia gaúcha nas redes sociais. Para isso, foi criado um núcleo específico para ampliar e qualificar a comunicação do Parlamento estadual via mídias sociais. Os números mostram que essa ação teve resultados: o número de seguidores do Facebook passou de 2,5 mil, em dezembro de 2016, para 41 mil em dezembro de 2017, enquanto, no mesmo período, o número de seguidores no Twitter passou de 25,2 mil para 31,9 mil.

"A Casa se posicionou nas redes. Hoje somos a segunda Assembleia do país mais presente no Facebook", destaca o superintendente Marcelo Nepomuceno. "Isso nos dá uma responsabilidade maior porque o conteúdo que é produzido precisa ser leve, voltado às redes sociais, mas também precisa ser informativo e esclarecedor", acrescenta Nepomuceno, lembrando que o público que acompanha a Assembleia nas redes não é o mesmo que assiste a TV Assembleia, por exemplo.  

O trabalho desenvolvido via Facebook, Twitter e Instagram também destacou as atividades dos demais veículos de comunicação da Casa. A TV Assembleia teve sua audiência potencializada através das redes sociais e a Rádio Assembleia ganhou um programa específico transmitido ao vivo via Facebook.

As ações ainda ampliaram a transparência do Legislativo gaúcho junto ao cidadão. Em 2017, eles podem acompanhar as sessões plenárias e eventos institucionais, como audiências públicas e o Fórum dos Grandes Debates, ao vivo através das redes.

Outra iniciativa destacada pelo superintendente foi a celebração de um convênio, em dezembro, com 30 rádios comunitárias, que passarão a receber recursos financeiros para veicular um spot de 30 segundos com conteúdo institucional da Casa, pelo menos uma vez ao dia. "Em várias cidades do Rio Grande do Sul, a rádio comunitária é ou o único veículo ou o veículo mais forte de comunicação. E a Casa não tinha conseguido, até agora, consolidar um canal de relacionamento institucional com essas rádios", explica o superintendente. "Isso abre as portas e abre o leque de possibilidades de comunicação da Casa com o cidadão", completa.

Agência de Notícias
A Agência de Notícias da ALRS é responsável pela cobertura jornalística das atividades do Parlamento gaúcho. De fevereiro a novembro, o portal de notícias teve um milhão de acessos e o portal de fotografia, 700 mil acessos. No mesmo período, foram publicadas 4 mil matérias e 15 mil fotografias.

O conteúdo disponível no portal também pode ser acessado pelo aplicativo móvel AL Mídias RS, disponível para sistema Android na Google Play Store. Pelo aplicativo, além do conteúdo da Agência de Notícias, também é possível assistir à TV AL ou ouvir a Rádio AL em tempo real, além de acompanhar as publicações do Twitter e Facebook.

Rádio Assembleia
De fevereiro a novembro de 2017, a Rádio AL produziu 1.123 matérias relativas às atividades parlamentares e registrou mais de 178,7 mil acessos em seu portal, com 4.628 downloads. Todo o material publicado está disponível para download no formato MP3 e pode ser reproduzido, desde que citada a fonte “Rádio Assembleia”. O acesso à Rádio AL ocorre através do endereço www.al.rs.gov.br/radioassembleia, onde também é possível fazer os downloads.

A novidade em 2017 foi o programa Assembleia em Ação, transmitido ao vivo, nas terças e quintas-feiras, pela rádio e pelo Facebook do Parlamento. O programa antecipa a agenda de votações e aborda questões da conjuntura política do Estado e do País.

Outra ação na área foi um contrato de prestação de serviço com a Agência Radioweb para distribuição do material produzido pela Rádio Assembleia. "Isso potencializa o trabalho da nossa rádio e também dá mais visibilidade às ações da Casa", explicou Nepomuceno.

TV Assembleia
De fevereiro a 27 de novembro de 2017, a TV Assembleia exibiu mais de 1.367 horas de transmissões ao vivo, entre sessões plenárias, atividades das comissões permanentes e temporárias, além de eventos institucionais. Ao vivo, foram exibidas 209 edições do Jornal Assembleia e 212 edições do programa Espaço Público. Na programação inédita semanal, a TVAL transmitiu 381 horas e 30 minutos de programação, com programas como Agro RS, Bate Papo com o Presidente, Cena Musical, Faça a Diferença, Mateadas, Sarau no Solar, entre outros.

Durante o ano, ainda houve alteração no formato, na duração e no conteúdo de alguns programas da TV Assembleia. O Agro RS em Foco tem um novo formato, contemplando múltiplos temas num mesmo programa. O Faça a Diferença passou a contar com duas reportagens, enquetes e depoimentos, passando de 27 minutos para 55 minutos de duração.  

Também foram ampliadas as gravações do programa Mateadas no interior do RS. "Esta dinâmica conferida pela gestão de levar ele para o interior, de fazer uma espécie de interiorização do programa, foi positiva. Em várias cidades que visitamos as pessoas desconheciam que a Assembleia possuía um canal de TV", ressaltou o superintendente de Comunicação e Cultura.

A partir de outubro, ainda foram incluídas três novas produções em sua programação de inéditos semanais. São eles Papo Reto – He for She, A História das Mulheres no Parlamento e Atitude TCE.

A TV AL pode ser sintonizada pelo canal aberto digital 61.2, na Região Metropolitana de Porto Alegre; pelo canal 16 da NET, na capital e cidades-polo; e pela internet, no endereço www.al.rs.gov.br/tvassembleia. Parte da programação produzida pela TV Assembleia também está disponível em canal no YouTube. Acesse www.youtube.com/user/tvalrs e assista alguns dos programas da emissora do Poder Legislativo do Rio Grande do Sul.

Publicidade
Entre as campanhas publicitárias de destaque durante o ano está a que tratou da igualdade de gênero. Ela apresentou, com números e porcentagem, as diferenças entre homens e mulheres na remuneração e na ocupação de funções na política. Também foram feitas peças cujo mote foi o combate à violência contra a mulher, em que são destacados objetos que utilizados para dissimular os casos de agressão contra a mulher, como maçanetas, tapetes e escadas.

Outra campanha marcante foi “Antes de abrir a boca abra a cabeça”, lançada em outubro. O objetivo foi conscientizar a população sobre os efeitos causados pelos alimentos em seu organismo, na economia e no desenvolvimento, estimulando o consumo consciente de alimentos.

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Relatório das Atividades de 2017

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul
Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000

Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30