COMISSÃO DE SAÚDE E MEIO AMBIENTE
Transplantados cardíacos pedem ação contra fechamento de ala do Instituto de Cardiologia
Francis Maia - MTE 5130 | Agência de Notícias - 10:06 - 06/12/2017 - Edição: Vicente Romano - Foto: Vinicius Reis
A Comissão de Saúde e Meio Ambiente, presidida pelo deputado Altemir Tortelli (PT), recebeu hoje (6) o pedido de interferência do órgão técnico da Assembleia contra o fechamento da ala de transplantados cardíacos do Instituto de Cardiologia do Rio Grande do Sul. O espaço foi construído com recursos públicos há 20 anos e agora será destinado para pequenas cirurgias de planos privados.
 
Conforme o presidente da Associação dos Transplantados do Rio Grande do Sul, Nelson Calil, a Unidade dos Transplantados Cardíacos – UTC – do instituto foi construída em 1998 com doações e verbas públicas estaduais e federais. A ala passou a abrigar os transplantados, onde foram realizados mais de 200 transplantes em duas décadas de funcionamento. Ele destacou o pioneirismo do Estado em transplantes cardíacos pela ação do médico Ivo Nesralla que, na semana passada, receberia homenagem pelo grupo de transplantados com a denominação da unidade cardíaca. Mas foram surpreendidos com a comunicação de que o local será fechado e destinado a bloco de pequenas cirurgias eletivas e particulares. Calil pediu posicionamento da Assembleia e disse que “estamos aqui para impedir que a ala seja fechada”, alertando que o conhecimento acumulado nesse período será perdido. Ele estava acompanhado de outros transplantados cardíacos.
 
Farmácia
Outra reclamação de Nelson Calil foi sobre a falta de medicamentos na farmácia do Estado, não só para os transplantados mas para a maioria da população que depende dessa distribuição. Disse que os remédios para rejeição estão em falta, como a ciclosporina. Outra reclamação do dirigente da entidade, que é cadeirante, foi sobre a falta de acessibilidade no prédio do Centro Histórico de Porto Alegre, na rua Riachuelo esquina com a Avenida Borges de Medeiros. “Sou atendido na calçada, pois falta rampa de acesso no local”, denunciou Calil. A manifestação foi registrada durante o espaço de Assuntos Gerais.
 
O deputado Tarcísio Zimmermann (PT) pediu que a comissão encaminhe ofício ao Instituto de Cardiologia, que é uma das instituições de saúde que mais verbas tem recebido do Estado, afirmou. Também solicitou pedido de esclarecimentos sobre os atrasos na entrega de medicamentos pela farmácia do Estado.
 
Hospital Regional 
O deputado Valdeci Oliveira (PT) tornou público o documento de 122 páginas que há mais de 30 dias estava na Casa Civil, disponibilizado pela Secretaria da Saúde, mas sem o envio para a Assembleia, conforme ele havia solicitado. Nesse documento, consta a resposta do Hospital Sírio Libanês a respeito do Hospital Regional de Santa Maria, inaugurado há um ano pelo atual governo mas mantido fechado sem a indicação do gestor da unidade hospitalar. Conforme o plano operativo, que teve um custo aproximado de R$ 6 milhões, o Sírio Libanês indica a necessidade de que o hospital regional seja 100% SUS, aponta a urgência da abertura diante da crise de leitos na cidade do centro do Estado e, ainda, demonstra que a demora na ocupação do hospital está resultando na deterioração da obra. Inclusive aponta a necessidade de mais R$ 60 milhões para investir na obra. Mas o agravante, segundo o hospital de referência de São Paulo, está na indefinição do governo estadual em indicar o gestor do Hospital Regional de Santa Maria. Valdeci isponibilizou aos demais deputados o documento. Sem quórum, a comissão ficou impedida de analisar os três requerimentos na Ordem do Dia.
 
Compareceram  a reunião a deputada Silvana Covatti (PP) e os deputados Altemir Tortelli (PT), presidente; Valdeci Oliveira (PT), vice-presidente; Tarcísio Zimmermann (PT); Gerson Burmann (PDT); Ciro Simoni (PDT); e Edson Brum (PMDB).
© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Comissão de Saúde e Meio Ambiente

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul
Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000

Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30