BALANÇO 2017
Mais de sete mil pessoas visitam Memorial do Legislativo em 2017
Olga Arnt - MTE 14323 | Agência de Notícias - 08:31 - 29/12/2017 - Edição: Sheyla Scardoelli - MTE 6727 - Foto: Guerreiro
Em 2017 o Memorial conduziu a primeira visitação com audiodescrição para cegos
Em 2017 o Memorial conduziu a primeira visitação com audiodescrição para cegos
O Memorial do Legislativo é parada obrigatória de quem quer conhecer a história do Parlamento gaúcho. Em 2017, ele recebeu quase 7.500 visitantes. Foram 6.600 alunos que participaram de 177 visitas guiadas, além de mais de 700 visitas espontâneas, realizadas por turistas, e cerca de 80 visitas técnicas. Pela primeira vez, neste ano, o Memorial conduziu uma visitação com audiodescrição para um grupo formado por cegos e pessoas com baixa visão.

O Memorial desenvolve também uma série de ações, que facilitam a pesquisa e o acesso a informações e documentos. É o caso do Gerenciamento Eletrônico dos Anais da Assembleia Legislativa, que permite a consulta aos anais do Parlamento, de 1847 a 1994, via internet, bastando acessar o endereço http://www2.al.rs.gov.br/memorial/PesquisaAcervo/tabid/6351/Defaut.aspx. A plataforma permite o cruzamento de dados e a busca direta no conteúdo dos documentos.

Outro projeto desenvolvido pelo Memorial é a Digitalização dos Processos de Emancipações. Atualmente, 535 processos emancipatórios de municípios gaúchos estão disponíveis no endereço http://acervomemorial.al.rs.gov.br/index.php/emacipacoes-dos-municipios-do-estado-do-rio-grande-do-sul.

Para facilitar ainda mais o trabalho dos pesquisadores e internautas, o Memorial desenvolveu o Projeto ATOM, que descreve os fundos documentais do acervo do órgão em forma de catálogo. Por meio dele, é possível verificar a existência de um documento sem a necessidade de deslocamento até o Poder Legislativo.

Já o Projeto de Gestão Documental da Assembleia Legislativa estabelece as políticas e diretrizes de preservação e conservação dos acervos arquivísticos do Parlamento do Rio Grande do Sul.

Eventos
O Memorial realizou ainda uma série de eventos em 2017, como o Seminário de Preservação Digital e as Oficinas Técnicas de Preservação Digital para capacitar o público interno sobre a importância e as dificuldades na preservação de documentos eletrônicos. Além disso, cedeu espaço para diversas iniciativas do Parlamento, como a Sessão Solene de Aniversário da Assembleia Legislativa, Curso de Primeiros Socorros, Entrega do Prêmio Leonel Brizola, Seminário 16 dias de Ativismo pelo fim da Violência contra a Mulher, VI Seminário Migração: Estratégias de Superação do Racismo e Violência e o Seminário Mulheres em Situação de Vulnerabilidade.

Também abrigou eventos externos, como os 100 anos de nascimento de Violeta Parra, organizado pelo Consulado Chileno, o Cinquentenário das Aldeias Infantis SOS, o lançamento dos Cadernos de Conflitos no Campo 2016, da Comissão Pastoral da Terra, e a exposição do Cinquentenário do Palácio Farroupilha.

Caminhos da Matriz
Integrante do projeto cultural Caminhos da Matriz, o Memorial do Legislativo abriu as portas nas três edições que ocorreram no ano. Ao todo, recebeu 160 visitantes.

Atribuições e objetivos
Instituído pela Resolução 2.947, de 17 de agosto de 2005, o Memorial tem como objetivos abrigar, reunir, preservar, gerenciar e divulgar o acervo histórico e contemporâneo – documental, bibliográfico, iconográfico e multimeios – do Poder Legislativo e resgatar a memória institucional da Casa, empreendendo ações junto à comunidade que evidenciem a importância do Parlamento Gaúcho no contexto da história do Estado. Cabe ao Memorial também estruturar e sistematizar os dados históricos do Parlamento, bem como as informações sobre os ex-parlamentares e sobre as estruturas do Legislativo ao longo do tempo, além de promover e gerenciar a investigação histórica através da série Perfis Parlamentares e do Catálogo de Memória do Parlamento e gerenciar o patrimônio histórico-cultural tombado pertencente à Assembleia Legislativa.

Funcionamento
O Memorial funciona de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 18h. O atendimento presencial aos pesquisadores não precisa de agendamento. As informações podem ser fotografadas (sem flash) ou transcritas para fins acadêmicos, culturais e de pesquisa desde que citada a fonte.

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Memorial do Legislativo- Visita Guiada- ACERGS

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul
Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000

Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30