ARTIGO
A participação da mulher na política: onde queremos chegar?
*Zilá Breitenbach | PSDB - 16:59 - 08/03/2018

O Dia Internacional da Mulher representa muito mais que uma homenagem à nossa luta ao longo do século pela conquista de espaços e direitos. O 8 de março é marcado por inúmeras vozes, incontáveis anseios que unem razão e emoção, alicerçando reflexões que dão impulso a novas conquistas.

Inegavelmente, ao longo dos anos, nós mulheres consolidamos posições de destaque em diversas áreas. Profissões que no século passado eram dominadas por homens, passaram a ser preenchidas por mulheres. Timidamente, passamos a ocupar posições de gestão, de tomada de decisões e de governabilidade.

A participação política das mulheres e a ocupação de cargos eletivos, está no entanto, muito aquém dos demais avanços alcançados. No ranking divulgado pela União Interparlamentar, na América do Sul o Brasil é o país com menor representação parlamentar feminina.

Apesar de inovações no fortalecimento das regras eleitorais, com a observância do cumprimento das cotas para candidatos, campanhas de incentivo e aumento dos debates, a participação das mulheres na política não aumentou de forma significativa.

Para enfrentar este problema, muitos países, entre eles a Bolívia, a Argentina e o México, adotaram mecanismos formais e legislação mais radical para garantir a participação e a representatividade das mulheres, com a reserva de vagas no Parlamento, ou a lista fechada com alternância de gênero. Em pouco tempo, foram observadas mudanças significativas na participação política das mulheres nesses países.

Neste sentido há vários anos debatemos, e inúmeros projetos já passaram pelo cenário nacional, para mudar esta realidade. Dentre eles, tramita na Câmara de Deputados a PEC 134/2015, já aprovada no Senado, e que garante as mulheres ocupar um percentual mínimo nas três próximas legislaturas na Câmara dos Deputados, Assembleias Legislativas e Câmaras Municipais:10% das cadeiras na primeira legislatura, 12% na segunda e 16% na terceira.

Mais do que nunca, devemos olhar para o passado valorizando todas as lutas e as conquistas mas, principalmente, olharmos para o futuro nos questionando: onde queremos chegar?

* Deputada estadual PSDB/RS

 

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul
Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000

Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30