ESCOLA DO LEGISLATIVO
Escola do Legislativo promove bate-papo sobre fotografia com profissionais da área
Celso Luiz Bender - MTE 5771 | Agência de Notícias - 17:00 - 19/03/2018 - Edição: Letícia Rodrigues - MTE 9373 - Foto: Vinicius Reis
Encontro aconteceu na sala de aula da Escola do Lagislativo
Encontro aconteceu na sala de aula da Escola do Lagislativo
Por iniciativa da Escola do Legislativo Romildo Bolzan, um bate-papo sobre o tema fotografia reuniu, na tarde desta segunda-feira (19), fotógrafos da Assembleia, convidados e assessores de imprensa do Legislativo estadual. Os profissionais Luiz Antônio Guerreiro (fotógrafo e jornalista) e Vinícius Reis (fotógrafo), que atuam no Parlamento, mais Elson Sempé Pedroso, professor de fotografia pela PUC, e o técnico Ibrahim Maurício Borges, da Tecnifoto, responderam a questionamentos de assessores.
 
A diretora da Escola, Gislaine Monza Silveira, explicou que o encontro surgiu a partir de demanda apresentada por colega assessor parlamentar, ainda no final de 2017. “O ideal seria um curso, que não foi possível ainda. Optou-se, então, por este bate-papo como forma de atender à solicitação. Estes profissionais se dispuseram a conversar e a tirar dúvidas sobre o tema”, lembrando que o objetivo da Escola é capacitar os servidores da ALRS. “Sempre que possível, vamos atender as demandas”, afirmou, destacando a participação de 30 inscritos.
 
Conforme Luiz Guerreiro, o objetivo foi oportunizar aos assessores a ampliação do conhecimento acerca da fotografia no Parlamento. “Como nós, que fotografamos a Casa desempenhamos esta tarefa, uma vez que há detalhes que devem ser valorizados – tendo em vista o trabalhos desempenhado em um Parlamento e suas nuances –, ao mesmo tempo em que não se pode tornar pública alguma imagem que possa comprometer a Assembleia. E, como sabemos como proceder, diante da experiência acumulada, a ideia foi repassar um pouco desta expertise aos colegas”. Ainda segundo ele, igualmente se tratou de como são disponibilizadas as fotos da Casa à disposição da imprensa interessada.
 
Já o professor Elson, igualmente repórter fotográfico da Câmara Municipal de Porto Alegre há 22 anos, disse que a primeira situação importante a ser destacada em relação à fotografia é que se trata de uma linguagem poderosa, “uma linguagem imediata, que precisa dizer tudo o que se pretende dentro de um quadro, bem resolvido. Pode parecer fácil, mas não é”, agregou.
 
Neste contexto, segundo ele, a primeira coisa é “se ter a consciência do que se quer, do que se busca, e aí como executar; de como estamos enxergando as coisas e como queremos que o outro enxergue, porque há uma enorme diferença entre aquilo que achamos estar passando, informando, e aquilo que se está, de fato, passando, tendo em vista a interpretação do outro. Construir uma boa foto é um processo longo, que não se aprende de uma hora para outra”, apontou.
 
Muitas são as técnicas envolvidas e os equipamentos utilizados, esclareceu. “No fim, o importante é lembrar que se está produzindo um documento, que pode ser aceito e aproveitado como tal”. Em relação ao aspecto jornalístico, referiu que a foto, quando impactante, pode transformar-se na própria matéria.
 
O representante da Tecnifoto, Ibrahim Borges, respondeu, em especial, a questões mais diretamente ligadas a tipos de equipamentos e técnicas a serem utilizadas por parte dos assessores.
© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Escola da Legislativo

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul
Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000

Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30