ARTIGO
Por que não te calas, Lula?
Sérgio Turra* | PP - 16:42 - 23/03/2018

Condenado em segunda instância pela Justiça, e às voltas com uma prisão iminente, Lula ataca quem produz alimentos e prega a luta de classes. Não abandona o odiento discurso do “nós” contra “eles” – que dividiu a nação e arrastou o país para a mais grave crise econômica, política e moral de sua história.

Em sua infeliz passagem pelo Rio Grande do Sul, Lula bradou para uma claque amestrada que os produtores rurais têm dois prazeres: pegar dinheiro do governo e não pagar. Além de chamar os agricultores de caloteiros, o chefe do maior escândalo de corrupção do Ocidente mostrou que não aprendeu a separar o público do privado. Disse que “deu” dinheiro aos produtores – como se o dinheiro PÚBLICO que os bancos emprestam fosse dele ou do seu partido, e não estivesse garantido pelo patrimônio dos tomadores. Quem não paga a dívida, perde o trator, a colheitadeira ou a terra.

Mas, verdade seja dita, de calote Lula entende. O seu governo emprestou bilhões de dólares para Cuba, Venezuela e países da África – que nunca pagaram. Emprestou bilhões de reais do BNDES para empreiteiras e outras empresas – que jamais devolverão esses recursos.

Foi o agronegócio que salvou o Brasil da insolvência nos terríveis anos de governo Dilma. Em meio à maior recessão de todos os tempos, o campo foi o único setor que cresceu, gerou empregos e garantiu saldos positivos na balança comercial. Afinal, o Brasil é o maior exportador de soja e de carne de frango do mundo; grande exportador de carne bovina, de café, de frutas e de algodão. O campo contribui com 23% do PIB brasileiro, emprega 19 milhões de trabalhadores, e gera R$ 600 bilhões para a economia.

Os ingredientes das “quentinhas” que em breve alimentarão Lula em Curitiba virão de onde? Do campo, com certeza. Além de ingrato, Lula não tem moral para criticar os produtores rurais. O melhor que pode fazer é calar-se. 

*Deputado estadual (PP)

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30