ARTIGO
Funcultura: um marco na história de Passo Fundo
Juliano Roso* | PC do B - 11:23 - 20/04/2018

Valorizar a cultura da nossa gente é um compromisso que assumi em minha vida política. O Prêmio Funcultura é a materialização desta defesa. Apresentei esta iniciativa enquanto fui vereador, em Passo Fundo. A ideia foi instituída em lei pelo prefeito Luciano Azevedo, em 2014, quando ao lado dele, ainda era vice-prefeito da nossa cidade.

Hoje, o Prêmio chegou na terceira edição. Neste ano, distribuiu R$80 mil e viabiliza a realização de propostas em diversas áreas culturais. É reconhecida pela sociedade e se tornou um exemplo no nosso Estado.

Estimular ações como esta é apostar no futuro. É apostar que, assim como a educação, a cultura é uma ferramenta de transformação social.

O Prêmio está consolidado. Democratiza o acesso aos recursos públicos e beneficia toda a cadeia produtiva da cultura sendo incentivo para os artistas locais.

Ver os frutos desta ideia é de enorme alegria e renova minhas esperanças diante de momentos tão difíceis. Enquanto diversas cidades cortam recurso em áreas voltadas a cultura e o lazer, como forma de enfrentar a crise econômica, Passo Fundo, mostra que é possível fazer diferente.

Na nossa cidade, por meio do prêmio, mostramos que incentivar atividades culturais é uma forma de desenvolver a economia e levar arte de diversos formatos para toda comunidade.

O Funcultura é um marco na nossa história porque a cultura é transversal, democrática e deve ser um direito de todo cidadão. Estamos vendo isto acontecer em Passo Fundo. Promover este acesso, é fundamental para romper o individualismo extremo que vivemos.

Somos uma comunidade, e o Funcultura destaca e fortalece este espírito, além de construir uma nova realidade que agrega todos.

O prêmio leva um incentivo financeiro transparente e democrático. Para ter acesso os grupos interessados precisam estar atentos a publicação de editais anuais. Os projetos inscritos devem ser de interesse público e de forte impacto social.

O modelo de concorrência do prêmio estimula a valorização da cultura local sem dar espaço para interesses alheios a esta perspectiva. Os critérios para a seleção dos vencedores levam em conta a excelência artística do projeto; qualificação dos profissionais envolvidos; estratégia de comunicação, divulgação e formação de público; viabilidade prática do projeto; planejamento e cronograma de execução; conformidade com os objetivos do edital; e relevância cultural.

Um salve para cultura da nossa gente! Que venha a 4ª edição.

*deputado estadual pelo PCdoB e vice-presidente da Assembleia Legislativa

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul
Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000

Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30