COMISSÃO DE EDUCAÇÃO, CULTURA, DESPORTO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA
Deputados querem que Escola Técnica de Saúde permaneça junto ao Hospital de Clínicas
Vicente Romano - MTE 4932 | Agência de Notícias - 12:17 - 26/06/2018 - Edição: Letícia Rodrigues - MTE 9373 - Foto: Guerreiro
Deputados da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa, reunidos na manhã desta terça-feira (26), desejam que o governo do Estado defenda junto ao Ministério da Educação (MEC) a permanência da Escola Técnica da Saúde (ETS) em prédio dentro do complexo do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA).
 
Eles consideram que a realocação da ETS em outro lugar prejudicará os mais de 1200 alunos da Escola, além de desprezar o patrimônio de ensino profissional edificado durante anos. O intento dos deputados foi anunciado após o ouvir o relato, na Comissão, da diretora da Escola, Rita Mombelli, sobre a possível mudança das atuais instalações para o terceiro andar do Colégio Julio de Castilhos, conforme informações da Secretaria Estadual de Educação (Seduc).
 
Para que o governo do Estado assegure a permanência da ETS dentro do Hospital de Clínicas, os deputados vão encaminhar pedido de audiência com o chefe da Casa Civil do governo do Estado, Cleber Benvegnù. Os parlamentares pretendem, ainda, envolver a bancada federal gaúcha no assunto e procurar os ministérios da Educação e da Saúde objetivando a revisão da iniciativa do Hospital de Clínicas de Porto Alegre.
 
Em 2013, a direção do Hospital de Clínicas pediu a Seduc a devolução do prédio e do terreno – que pertence ao MEC – onde funciona a ETS desde sua criação em 1989, a partir de um acordo entre governo do Rio Grande do Sul e governo federal. A direção do HCPA, em nota pública, explicou que seu pedido está inserido no contexto da expansão do hospital, envolvendo a necessidade de reorganizar fluxos para melhor acolher pacientes, familiares e visitantes no complexo hospitalar.
 
Relato
Para a diretora da escola, Rita Mombelli, é inaceitável a solução apresentada pela Seduc. Ela disse que visitou o andar destinado a ETS no Colégio Júlio de Castilhos e não vê possibilidade de transferência para o local. “Não temos como trocar um prédio com 1.500 metros quadrados, que abriga 16 salas de aula e seis laboratórios, divididos em dois andares, por salas de aulas. “Não teremos condições de disponibilizar equipamentos de laboratórios, aparelhos de raio-X”, explicou.
 
Rita disse que a ETS atende gratuitamente mais de 1,2 mil alunos dos cursos de Nutrição, Radiologia, Gerência em Saúde e Análises Clínicas e é referência na formação de profissionais da área da saúde. Além do atendimento aos alunos, Rita mencionou o programa de apoio pedagógico ofertado pela escola para crianças internadas por longo período no Clínicas. “Apesar de tudo isso, parece que o Estado não dá importância para a formação de profissionais da área”, acrescentou.
 
Deputados 
A deputada Miriam Marroni (PT) e os deputados Altemir Tortelli (PT) e Adão Villaverde (PT), cobraram do governo do Estado uma posição mais firme sobre a permanência da Escola no complexo do HCPA. “Dentro do conceito de formação de profissionais que norteou a criação da ETS, só tem sentido a sua existência dentro do Clínicas”, sintetizou Villaverde. Para Tortelli, que também é presidente da Comissão de Saúde da Assembleia, abrir mão de uma escola técnica em saúde não é normal. “Isso faz parte da tática de irresponsabilidade do governo do Estado”, culpou. A deputada Zilá Breintebach (PSDB) entende que os deputados devem também procurar a direção do Hospital para tentar encontrar uma solução imediata para o assunto.
 
Participação
Participaram da reunião as deputadas Zilá Breitenbach (PSDB) e Miriam Marroni (PT), e os deputados Adão Villaverde (PT), Gerson Burmann (PDT), Ernani Polo (PP), Fábio Branco (MDB), Catarina Paladini (PSB), Altemir Tortelli (PT) e a diretora da escola, Rita Mombeli.
© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul
Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000

Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30