ECONOMIA
“O Banrisul é o caixa eletrônico dos governos neoliberais”, diz Zé Nunes
Marcela Santos MTE 11679 | PT - 11:11 - 09/04/2019 - Foto: Divulgação

Novamente na surdina assim como seu antecessor, o governador Eduardo Leite vendeu mais de dois milhões de ações preferenciais (sem direito a voto) do Banrisul, raspando o tacho das ações preferenciais, e vendendo o que restava dessa modalidade de ações correspondente a 1,02% das ações do Estado e 0,50% do capital social do banco.

Nesta terça-feira (9), o coordenador da Frente Parlamentar em Defesa do Banrisul Público da Assembleia, deputado estadual Zé Nunes (PT), criticou a ação. “Ele fez tudo isso para fazer caixa com 100 dias de governo. Nesta operação foram arrecadado R$ 49,27 milhões. O Banrisul virou "caixa eletrônico" dos governos neoliberais, e assim eles vão desconstruindo o banco e o enfraquecendo enquanto ferramenta pública. É o desmonte do Estado em andamento”, avalia.

Infelizmente, segundo Zé Nunes, isso não vai parar por aí. O que se avizinha é a entrega da Banrisul Cartões. “Seguiremos atentos, propondo debates e organizando a resistência ao desmonte do Banrisul”, completou.

Em 2018, o Banrisul produziu um lucro de 1,1 bilhão.

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Deputados

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul
Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000

Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30