ECONOMIA
“O Banrisul é o caixa eletrônico dos governos neoliberais”, diz Zé Nunes
Marcela Santos MTE 11679 | PT - 11:11 - 09/04/2019 - Foto: Divulgação

Novamente na surdina assim como seu antecessor, o governador Eduardo Leite vendeu mais de dois milhões de ações preferenciais (sem direito a voto) do Banrisul, raspando o tacho das ações preferenciais, e vendendo o que restava dessa modalidade de ações correspondente a 1,02% das ações do Estado e 0,50% do capital social do banco.

Nesta terça-feira (9), o coordenador da Frente Parlamentar em Defesa do Banrisul Público da Assembleia, deputado estadual Zé Nunes (PT), criticou a ação. “Ele fez tudo isso para fazer caixa com 100 dias de governo. Nesta operação foram arrecadado R$ 49,27 milhões. O Banrisul virou "caixa eletrônico" dos governos neoliberais, e assim eles vão desconstruindo o banco e o enfraquecendo enquanto ferramenta pública. É o desmonte do Estado em andamento”, avalia.

Infelizmente, segundo Zé Nunes, isso não vai parar por aí. O que se avizinha é a entrega da Banrisul Cartões. “Seguiremos atentos, propondo debates e organizando a resistência ao desmonte do Banrisul”, completou.

Em 2018, o Banrisul produziu um lucro de 1,1 bilhão.

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Deputados

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30