PARLAMENTO
Um dos primeiros a doar auxílio mudança, Weber vota a favor da extinção do benefício na Assembleia
Patricia Meira Cardoso - MTE 9327 | PSB - 18:24 - 09/04/2019 - Foto: Guerreiro
A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul aprovou, nesta terça-feira (9), o fim do auxílio-mudança para todos os 55 deputados. Por 47 votos a zero, a resolução extingue o benefício de eleitos e reeleitos. A medida passa a valer a partir desta legislatura e representa uma economia de R$ 2,7 milhões por mandato.
 
Também chamado como ajuda de custo, a medida foi criada pela Assembleia em 2014 com a justificativa de custear as despesas de deputados para manter residência em Porto Alegre. No entanto, todos os parlamentares têm direito a receber o benefício em duas parcelas de R$ 25,3 mil, uma no início e outra no final do mandato.
 
O deputado Elton Weber (PSB) comemorou o fim de benefício. Ele foi um dos primeiros a defender publicamente o fim deste benefício e doou os dois salários que recebeu para nove instituições de sete municípios gaúchos. “Era um benefício imoral e sem cabimento. Estamos satisfeitos que o Parlamento tenha tido a sensibilidade de extinguir esse pagamento.”
© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Sessão Plenária

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul
Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000

Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30