PARLAMENTO
Um dos primeiros a doar auxílio mudança, Weber vota a favor da extinção do benefício na Assembleia
Patricia Meira Cardoso - MTE 9327 | PSB - 18:24 - 09/04/2019 - Foto: Guerreiro
A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul aprovou, nesta terça-feira (9), o fim do auxílio-mudança para todos os 55 deputados. Por 47 votos a zero, a resolução extingue o benefício de eleitos e reeleitos. A medida passa a valer a partir desta legislatura e representa uma economia de R$ 2,7 milhões por mandato.
 
Também chamado como ajuda de custo, a medida foi criada pela Assembleia em 2014 com a justificativa de custear as despesas de deputados para manter residência em Porto Alegre. No entanto, todos os parlamentares têm direito a receber o benefício em duas parcelas de R$ 25,3 mil, uma no início e outra no final do mandato.
 
O deputado Elton Weber (PSB) comemorou o fim de benefício. Ele foi um dos primeiros a defender publicamente o fim deste benefício e doou os dois salários que recebeu para nove instituições de sete municípios gaúchos. “Era um benefício imoral e sem cabimento. Estamos satisfeitos que o Parlamento tenha tido a sensibilidade de extinguir esse pagamento.”
© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Sessão Plenária

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30