PROCURADORIA ESPECIAL DA MULHER
Kelly Moraes apresenta ações da Procuradoria da Mulher nos primeiros cinco meses de 2019
Olga Arnt - MTE 14323 | Agência de Notícias - 15:13 - 29/05/2019 - Edição: Sheyla Scardoelli - MTE 6727 - Foto: Christian Pacheco
A deputada Kelly Moraes (PTB) apresentou, no início da tarde desta quarta-feira (29), um balanço da atuação da Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa nos primeiros cinco meses deste ano. Coordenadora do órgão desde o início da atual legislatura, a parlamentar sugeriu a realização de um estudo para a adoção de uma equipe multidisciplinar no órgão, que funciona com apenas um funcionário efetivo, além de duas servidoras de seu gabinete. “Precisamos estudar a adoção de uma estrutura mínima que garanta a continuidade das ações da Procuradoria, independentemente de quem assuma o seu comando”, argumentou a deputada.

De acordo com o levantamento apresentado por Kelly, de janeiro a maio a Procuradoria realizou 21 atendimentos, envolvendo violência no trabalho, violência doméstica, abuso de menor, perturbação sexual, abuso sexual e discriminação por deficiência. “Mesmo sem cabo e sem facão, a Procuradoria faz um trabalho muito bom. Temos que avançar e ampliar o debate. Além da questão da violência de gênero, precisamos discutir políticas igualitárias e a maior participação das mulheres na política”, sugeriu a deputada Zilá Breitenbach (PSDB).

A deputada Silvana Covatti (PP) defendeu melhorias na estrutura da Procuradoria e sugeriu o agendamento de uma reunião com o presidente do Parlamento gaúcho, Luís Augusto Lara (PTB), para tratar do assunto. “Pouco a pouco, vamos melhorando a estrutura para atender as mulheres que nos procuram”, encorajou.

Já a deputada Sofia Cavedon (PT) propôs que a Procuradoria cobre do governo do Estado a realização da Conferência Estadual da Mulher. A deputada Franciane Bayer (PSB) sugeriu a formação de equipe do órgão para a realização do acolhimento das mulheres, e a deputada Fran Somensi (PRB) defendeu a abordagem propositiva das questões de gênero, enfocando experiências que estimulem a superação.

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Procuradoria Especial da Mulher

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia
Rádio Assembleia
SEMINÁRIO - PROCURADORIA DA MULHER
COMISSÃO DE SEGURANÇA, SERVIÇOS PÚBLICOS E MODERNIZAÇÃO DO ESTADO
» Veja mais

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30