BANRISUL
O governo Leite vende o futuro para pagar o presente
Marcela Santos MTE 11679 | PT - 10:33 - 13/06/2019 - Foto: Guerreiro

Nesta terça-feira (12), o Banrisul comunicou que o governo gaúcho pretende vender mais ações do banco. Será uma oferta pública de ações ordinárias excedentes até o limite da manutenção do controle acionário. “O governo pretende vender praticamente 50% das suas ações ordinárias (com direito a voto). Isso significará a diminuição da participação do Rio Grande do Sul de 49,39% do capital total do Banco para 25%. Estão abrindo mão de mais da metade dos lucros”, analisou o coordenador da Frente Parlamentar em Defesa do Banrisul Público da Assembleia Legislativa, deputado estadual Zé Nunes (PT).

Segundo o parlamentar, ao vender suas ações o governo abre mão dos dividendos e lucros (juros sobre o capital próprio) gerados pelo banco na mesma proporção. “O governo Leite vende o futuro para pagar o presente. Com mais essa venda fica claro que o Banrisul virou o caixa automático do Piratini”, lamentou.

A Constituição Estadual determina que seja mantido o controle acionário do banco, que se dá com a maioria das ações ordinárias, com direito a voto.

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Sessão Plenária

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30