BANRISUL
O governo Leite vende o futuro para pagar o presente
Marcela Santos MTE 11679 | PT - 10:33 - 13/06/2019 - Foto: Guerreiro

Nesta terça-feira (12), o Banrisul comunicou que o governo gaúcho pretende vender mais ações do banco. Será uma oferta pública de ações ordinárias excedentes até o limite da manutenção do controle acionário. “O governo pretende vender praticamente 50% das suas ações ordinárias (com direito a voto). Isso significará a diminuição da participação do Rio Grande do Sul de 49,39% do capital total do Banco para 25%. Estão abrindo mão de mais da metade dos lucros”, analisou o coordenador da Frente Parlamentar em Defesa do Banrisul Público da Assembleia Legislativa, deputado estadual Zé Nunes (PT).

Segundo o parlamentar, ao vender suas ações o governo abre mão dos dividendos e lucros (juros sobre o capital próprio) gerados pelo banco na mesma proporção. “O governo Leite vende o futuro para pagar o presente. Com mais essa venda fica claro que o Banrisul virou o caixa automático do Piratini”, lamentou.

A Constituição Estadual determina que seja mantido o controle acionário do banco, que se dá com a maioria das ações ordinárias, com direito a voto.

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Sessão Plenária

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia
Rádio Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30