GRANDE EXPEDIENTE
Viana presta homenagem à UFPel pela passagem de seus 50 anos de existência
Olga Arnt - MTE 14323 | Agência de Notícias - 16:14 - 19/06/2019 - Edição: Letícia Rodrigues - MTE 9373 - Foto: Celso Bender
Parlamentares associaram-se à homenagem
Parlamentares associaram-se à homenagem

Por iniciativa do deputado Luiz Henrique Viana (PSDB), a Assembleia Legislativa homenageou, no Grande Expediente da sessão desta quarta-feira (19), os 50 anos da Universidade Federal de Pelotas. Considerada um patrimônio cultural e educacional da Região Sul, a UFPel tem sido decisiva na definição de políticas públicas em virtude da influência que o trabalho de seus professores e pesquisadores exerce nas mais diversas áreas. “Não tenho a menor dúvida ao dizer: a Universidade Federal de Pelotas devolve para a sociedade cada centavo investido pelos contribuintes. Melhor dizendo: devolve a mais para a sociedade o valor investido. Devolve com juros”, elogiou o parlamentar na abertura de seu pronunciamento.

Criada em 1969 a partir da Universidade Federal Rural do Rio Grande do Sul, a UFPel tem 17 mil alunos e oferece 92 cursos presenciais e quatro à distância. Todo o ano, a universidade recebe quatro mil novos estudantes e agreda mais de três mil alunos em seus 90 cursos de especialização, mestrado e doutorado.

Além disso, a instituição abriga 1300 projetos de pesquisa em todas as áreas de conhecimento. Fruto disso é a concessão de quatro patentes e a tramitação de outras 160 solicitações.

Referência mundial
Para comprovar a importância da instituição, o parlamentar citou o Centro de Pesquisas Epidemiológicas, referência mundial em saúde pública. “Foi pelo trabalho iniciado com os médicos e pesquisadores César Victora e Fernando Barros, no distante ano de 1982, que novos protocolos em saúde ganharam o mundo.  As curvas de crescimento infantil, pensadas a partir de Pelotas, são utilizadas como padrão para medir o desenvolvimento de crianças tanto nos Estados Unidos quanto no Camboja”, revelou.

Estudos do Centro de Pesquisas Epidemiológicas comprovaram também a importância do aleitamento materno exclusivo até os seis meses de vida. Dados científicos apontaram, no maior estudo mundial sobre o tema, que a amamentação pode evitar mais de 800 mil mortes por ano de crianças menores de dois anos.

O tucano fez referência também à Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel, a mais antiga do país em funcionamento, que se notabilizou pelos estudos sobre parabolização de arroz, secagem e armazenamento de grãos, e à Faculdade de Direito, que reuniu em seu corpo docente nomes como Alberto Ruffino, Alcides de Mendonça Lima, Aldyr Garcia Schlee, Rosah Russomano, Mozart Victor Russomano e Gilda Corrêa Meyer Russomano, única presidente mulher da Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA).

Viana ressaltou ainda a importância do hospital-escola, que é referência em várias áreas e oferece atendimento 100% SUS. Entre os programas desenvolvidos pela instituição, estão o Programa de Internação Domiciliar Interdisciplinar (PIDI) e o Programa Melhor em Casa, que vêm chamando a atenção de autoridades da área da saúde de diversos estados do Brasil.

Autismo
O Centro de Atendimento ao Autista Danilo Rolim de Moura, em Pelotas, também foi mencionado pelo orador. Viana afirmou que a instituição recebe o apoio da Universidade Federal de Pelotas e da Universidade de Minho, de Portugal, no trabalho de intervenção precoce na vida das crianças com autismo. “No Centro de Atendimento ao Autista, os alunos de Nutrição da UFPel medem e pesam as crianças, monitorando a saúde nutricional de cada uma delas. O projeto de terapia assistida por cães, a Pet Terapia, também é fruto do trabalho oriundo da UFPel. Há pouco tempo, uma nova parceria foi firmada com o curso de Odontologia, para que as crianças com autismo vinculadas ao Centro sejam atendidas de graça”, apontou.

Anunciou ainda que, de 28 a 30 de agosto, a UFPel promoverá em Pelotas, em parceria com a Universidade do Minho, o 2º Congresso Luso-Brasileiro sobre Transtorno do Espectro Autista e Educação Inclusiva. “Neste congresso, mais especificamente na quinta-feira, dia 29 de agosto, às 16h, a Frente Parlamentar sobre Transtorno do Espectro Autista, criada por mim, promoverá uma audiência pública da Assembleia Legislativa para debater justamente as políticas públicas para pessoas com autismo”, revelou.

Lideranças
Viana afirmou ainda que a UFPel é uma formadora de lideranças. Citou o governador Eduardo Leite, que se formou em Direito na instituição, a atual prefeita de Pelotas, Paula Schild Mascarenhas, também é egressa da universidade, e os deputados Fernando Marroni (PT), que é servidor da universidade, Pedro Pereira (PSDB), que se formou em Medicina, Luiz Marenco (PDT), egresso do Conjunto Agrotécnico Visconde da Graça, vinculado à UFPel, e Zé Nunes (PT), que se formou em Agronomia e morou na Casa do Estudante da UFPel, que, na atual gestão, ganhou um espaço novo com capacidade para 300 estudantes.

A integração e desenvolvimento regional são, segundo o parlamentar, pautas permanentes da UFPel com o trabalho na Agência da Lagoa Mirim e no Centro de Integração do Mercosul, que une atividades acadêmicas de cursos de graduação a ações de integração regional. A Agência da Lagoa Mirim atua no desenvolvimento da Bacia da Lagoa Mirim, no lado brasileiro, e como organismo de apoio à Seção Brasileira da Comissão Binacional da Lagoa Mirim.

O tucano encerrou seu pronunciamento condenando os ataques às universidades públicas. “Em um contexto de críticas e ataques às universidades públicas, na maior parte das vezes, ataques infundados, celebrar as cinco décadas de história da Universidade Federal de Pelotas e sua importância social é também defendê-la. Porque defender a UFPel é defender a possibilidade de que mais pessoas possam ter acesso ao ensino superior gratuito e de qualidade”, finalizou.

Os deputados Rodrigo Lorenzoni (DEM), Luciana Genro (PSOL), Franciane Bayer (PSB), Sofia Cavedon (PT), Mateus Wesp (PSDB), Fábio Branco (MDB), Frederico Antunes (PP), Elizandro Sabino (PTB) e Capitão Macedo (PSL) se somaram à homenagem por meio de apartes.

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Grande Expediente

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30