INCLUSÃO
Portadores de visão monocular poderão concorrer em vagas de deficientes
Fabiana Calçada - MTE 18693 | PSB - 17:07 - 12/11/2019 - Foto: Ariel Pedone

Os deputados aprovaram na sessão plenária desta tarde desta terça-feira (12), o Projeto de Lei (PL) 48 2019, da deputada estadual Franciane Bayer (PSB), que inclui as pessoas com visão monocular no percentual de vagas destinadas às pessoas com deficiência, para provimento de cargos públicos. O projeto altera a Lei 13.320, de 21 de dezembro de 2009, que consolida a legislação relativa à pessoa com deficiência.

Autora da proposta, Franciane Bayer esclarece que a pessoa com visão monocular convive com uma grave restrição visual e que em muitos estados brasileiros a mesma já é considerada como deficiência. "Trata-se de uma questão de justiça social, tendo em vista que estas pessoas sofrem preconceito e dificuldades de acesso ao mercado de trabalho".

A matéria, aprovada com 34 votos favoráveis e 7 contrários, segue agora para sanção do governador Eduardo Leite.

Visão monocular Visão monocular é quando a pessoa é cega de um olho. Com isso, as noções de profundidade e distância ficam limitadas e podem impedir várias atividades.

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Deputados

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia
Rádio Assembleia
COMISSÃO DE SEGURANÇA E SERVIÇOS PÚBLICOS
COMISSÃO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E COOPERATIVISMO
FRENTE PARLAMENTAR
» Veja mais

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30