BALANÇO 2019
Memorial: a porta de entrada para quem quer conhecer a História e visitar o Parlamento gaúcho
Olga Arnt - MTE 14323 | Agência de Notícias - 15:34 - 03/01/2020 - Edição: Letícia Rodrigues - MTE 9373 - Foto: Celso Bender
Localizado na rua Duque de Caxias, 1029, no Centro Histórico de Porto Alegre, o Memorial do Legislativo é responsável pela visitação ao Plenário da Assembleia Legislativa e ao Solar dos Câmara. Em 2019, o órgão recebeu a visita de cerca de 5800 estudantes e professores de 210 escolas de diversos municípios gaúchos. Além disso, 580 turistas de várias cidades do Rio Grande do Sul (38%), de outros estados (56%) e de outros países (5,9%) e cerca de 80 pesquisadores frequentaram os espaços de pesquisa ou solicitaram informações.
 
A visita guaiada para grupos de no mínimo 15 e no máximo 40 pessoas tem duração média de 30 minutos em cada local (Memorial, Plenário e Solar dos Câmara). A atividade, que acontece de segunda a sexta-feira, das 9h às 11h e das 14h às 17h, precisa ser, previamente, agendada no endereço eletrônico www.al.rs.gov.br/memorial (aba Visitas Guiadas na AL).
 
O interesse pelo acervo do Memorial é expresso também pelos acessos virtuais. As visualizações de páginas do Portal do Memorial chegaram a 11.300 mil por mês em 2019.
 
Projetos
O Memorial desenvolve uma série de ações e projetos, que facilitam a pesquisa e o acesso a informações e documentos. É o caso do Gerenciamento Eletrônico dos Anais da Assembleia Legislativa, que permite a consulta, via internet, aos anais do Parlamento desde o ano de 1847. Para isso, basta acessar o endereço http://www2.al.rs.gov.br/memorial/PesquisaAcervo/tabid/6351/Defaut.aspx. A plataforma permite o cruzamento de dados e a busca direta de conteúdo nos documentos.
 
Outro projeto desenvolvido pelo Memorial é a Digitalização dos Processos de Emancipações. São 700 processos emancipatórios de municípios gaúchos disponíveis no endereço http://acervomemorial.al.rs.gov.br/index.php/emacipacoes-dos-municipios-do-estado-do-rio-grande-do-sul.
 
Para facilitar ainda mais o trabalho dos pesquisadores e internautas, o Memorial desenvolveu ainda o Projeto ATOM, que descreve os fundos documentais do acervo do órgão em forma de catálogo. Por meio dele, é possível verificar a existência de um documento sem a necessidade de deslocamento até o Poder Legislativo.
 
Organização de documentos
A Comissão Permanente de Avaliação de Documentos, dirigida pela coordenadora do Memorial, Débora Dornsbach Soares, iniciou o projeto de organização dos acervos físicos do Departamento de Gestão de Pessoas (DGP), que envolve desde questões relacionadas à infraestrutura para abrigar os documentos até a definição da interface do usuário.
 
Durante o ano, foram recolhidos ao Memorial, além dos documentos do DGP, quase 10 mil fitas DV-Cam e DVDs da TV Assembleia, documentos das comissões de Cidadania e Direitos Humanos e de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia e a transcrição de eventos que estavam custodiados pela Biblioteca Borges de Medeiros.
 
Eventos
O Memorial foi ainda palco de diversos eventos internos e externos durante o ano, como exposições, palestras, seminários, audiências públicas e cursos destinados aos servidores. O destaque ficou por conta da Exposição 30 anos da Constituição Estadual.
© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Memorial do Legislativo

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia
Rádio Assembleia
COMISSÃO DE SEGURANÇA E SERVIÇOS PÚBLICOS
COMISSÃO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E COOPERATIVISMO
FRENTE PARLAMENTAR
» Veja mais

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30