SAÚDE
Lideranças definem estratégia para fortalecer o hospital de Lagoa Vermelha
Antonio Grzybowski - MTE 13273 | PL - 18:00 - 29/11/2019 - Foto: Antonio Grzybowski
Autoridades e lideranças participam do debate sobre a situação do Hospital São Paulo.
Autoridades e lideranças participam do debate sobre a situação do Hospital São Paulo.

A situação do Hospital São Paulo de Lagoa Vermelha foi debatida por lideranças políticas, empresariais e comunitárias de Lagoa Vermelha. A audiência pública promovida pela Comissão de Saúde e Meio Ambiente (CSMA) da Assembleia Legislativa gaúcha, proposta pelo deputado Paparico Bacchi (PL), foi realizada na tarde desta sexta-feira (29), no plenário da Câmara Municipal de Vereadores. O ato contou com a presença de vereadores, secretários municipais, profissionais da área da saúde, representantes de entidades e instituições da Região Nordeste do Estado, e dos deputados estaduais Rodrigo Lorenzoni e Zilá Breintenbach – presidente da CSMA.

Ao presidir os trabalhos o deputado Paparico Bacchi destacou o seu compromisso de trabalhar pelo fortalecimento dos hospitais regionais e demais pautas na área da saúde pública. “Por meio desta iniciativa o parlamento gaúcho oportuniza o diálogo e busca o entendimento sobre esta questão que é de interesse da comunidade local e regional”, afirmou o deputado Paparico Bacchi.

O encontro foi marcado pela discussão em torno de alternativas necessárias para fortalecer a instituição de saúde que é referência da Rede Cegonha aos municípios que integram a 6ª Coordenadoria Regional de Saúde. O hospital também é referência em urgência e emergência para os municípios de Lagoa Vermelha, Caseiros, Ibiraiaras e Capão Bonito do Sul.

As autoridades e lideranças presentes no ato centralizaram o debate no fato que surgiu ao final do ano de 2017, quando a fundação que administrava o hospital emitiu o aviso prévio para todos os funcionários, informando o fechamento da instituição. Na época, a administração municipal anunciou a intervenção e passou a fazer a gestão compartilhada do hospital. Desde então, foram iniciadas tratativas para a venda do hospital por meio de uma organização social que busca a filantropia.

Encaminhamentos
Conforme ata produzida a partir do debate realizado nesta sexta-feira, será criado um grupo de trabalho responsável por estruturar uma proposta de gestão do patrimônio do Hospital São Paulo. A intenção é que a gestão da instituição fique aos cuidados da Associação Municipal em Saúde, tendo como meta o atendimento de excelência aos usuários do Sistema Único de Saúde.

Presenças 
Participaram do debate a presidente da Câmara de Vereadores de Lagoa Vermelha, Márcia do Carmo; os vereadores Bráulio Guedes, Ariovaldo da Silva, Ruth Bussolotto, Ênio Vargas; os secretários municipais Eloir Morona (Saúde) e Idenir Deggerone (Planejamento); o administrador do Hospital São Paulo, Mateus Zucoloto, acompanhado pelo conselheiro do hospital, Miguel Pereira Ramos, e o diretor médico do hospital, José Mario Ceni Barreto; os presidentes da Associação dos Aposentados e Pensionistas, Otacilio de Oliveira, e do Sindicato das Indústrias da Construção e do Mobiliário de Lagoa Vermelha, Valter Ferreira da Silva; Também contribuiu com os encaminhamentos da audiência pública o promotor de Justiça, Felipe Barcelos.

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Deputados

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30