SESSÃO PLENÁRIA
Pronunciamentos na tribuna nesta quinta-feira
Francis Maia* - MTE 5130 | Agência de Notícias - 15:47 - 27/02/2020 - Edição: Sheyla Scardoelli - MTE 6727 - Foto: Celso Bender
Deputado Fábio Branco na tribuna
Deputado Fábio Branco na tribuna

Veja abaixo os temas abordados pelos deputados e deputadas durante o período das Comunicações da sessão plenária do Parlamento gaúcho desta quinta-feira (27). A íntegra das manifestações pode ser ouvida no endereço www.al.rs.gov.br/legislativo , em áudios das sessões.

Vilmar Zanchin (MDB) relatou reunião da Comissão de Agricultura, Pecuária e Coopeativismo desta manhã, quando foi debatido o avanço do coronavírus e suas consequências tanto na saúde da população quanto os desdobramentos na economia do RS. Referiu audiências nesta tarde na Defesa Civil do Estado e na Secretaria da Agricultura, com grupo de prefeitos que decretaram situação de emergência em função da estiagem. Destacou a situação do município de Camargo, que decretou situação de emergência pela estiagem e nos últimos dias foi atingido por tempestade que devastou moradias e aumentou os prejuízos na economia.

Zilá Breitenbach (PSDB) também comentou os prejuízos decorrentes da estiagem e a repercussão na economia, e logo em seguida abordou os preparativos da secretaria da Saúde para enfrentar o coronavírus, agora que foi confirmado o primeiro caso da doença no país. Disse que o Lacen está sendo equipado para realizar exames específicos, e os hospitais, além do Conceição e Canoas, também o Clínicas, em Porto Alegre, terá leitos de CTI disponibilizados. Informou que a Comissão de Saúde e Meio Ambiente deverá promover audiência pública para debater o assuntol.

Mateus Wesp (PSDB) afirmou que as constantes tensões e as sucessivas crises institucionais no Brasil são reflexos do arranjo institucional previsto na Constituição Federal de 1988. O parlamentar comparou o modelo adotado pelo País a uma “instalação elétrica mal feita, propensa a curto-circuitos”. Para ele, a origem do problema está na fusão de dois cargos distintos - chefe de governo e do chefe de Estado - numa mesma figura, ao contrário do que acontece em países em que a democracia é estável.

Sebastião Melo (MDB) considera que a permissão para o Projeto Mina Guaíba, que prevê a instalação de uma mina de carvão numa área compreendida entre os municípios de Eldorado do Sul e Charqueadas, só deverá ser dada caso fique comprovada que a atividade não interferirá na qualidade da água que abastece Porto Alegre. O deputado argumentou que 85% da água que abastece a capital vem do rio Jacuí, onde serão lançados os detritos da extração de carvão. Melo fez referência também à Frente Parlamentar de Combate aos Privilégios, lançada neste ano na Assembleia Legislativa.

Zé Nunes (PT) condenou postura do presidente Bolsonaro, ao incitar a população contra o Congresso Nacional e STF. Para o deputado, esta atitude gera insegurança institucional e constitucional no país. Partidos de todos os matizes que defendem a democracia precisam reagir ao perfil autoritário do atual presidente, registrou. Também criticou fala do deputado Mateus Wesp, que teria comparado Jair Bolsonaro e Dilma Rousseff: "É muita falta de conhecimento, ou é uma inversão de valores mal-intencionada".

Dr. Thiago (DEM) examinou o lançamento do projeto SER Saúde - Soluções Resolutivas e o estabelecimento de parceria entre o Governo do Estado, Famurs, Cosems/RS e Defensoria Pública com o objetivo de reduzir a judicialização na área da saúde. O parlamentar disse que espera que o Programa não signifique interferência na escolha médica ou no acesso dos pacientes a medicamentos.

Fábio Branco (MDB) relatou agenda realizada no Rio de Janeiro, na semana passada, com a direção da Petrobras, onde esteve acompanhado de equipes do governador Eduardo Leite e do Polo Naval de Rio Grande, além de autoridades do município. Lá, encaminhou sugestões para a retomada da atividade naval. Abordou, também, a realização do primeiro leilão de concessão da nova empresa que responderá pelo Polo da Região Sul. Elogiou os novos valores dos pedágios, inferiores aos cobrados anteriormente, afirmando que “esse é o rumo certo”.

* Com colaboração de Olga Arnt e Vicente Romano

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Sessão Plenária

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30