MANDATO
Para Zé Nunes, não é coerente defender a agricultura familiar e não cuidar da Emater
Marcela Santos - MTE 11679 | PT - 11:09 - 14/10/2021 - Foto: Divulgação Gabinete
Nesta quinta-feira (14), durante a reunião da Comissão de Agricultura, Pecuária, Pesca e Cooperativismo da Assembleia, o deputado estadual Zé Nunes (PT), voltou a cobrar uma posição do Parlamento gaúcho, quanto ao processo de desmantelamento da Emater, de enfraquecimento, e de diminuição do quadro de pessoal. “Se o Estado não prioriza, o Parlamento deve priorizar, e destinar emenda específica, para tentar estancar este processo de enfraquecimento”, declarou.
 
Ele lembrou que no governo Rigotto, a Emater tinha um orçamento de R$ 200 milhões, no governo Tarso os recursos chegavam a R$ 240 milhões e agora a Emater trabalha com R$ 180 milhões. “Precisamos, pelo menos, retornar aos patamares de orçamento de 10 anos atrás. Priorizar um setor, significa garantir orçamento. O governo trabalha na lógica do ajuste fiscal, e a Emater, infelizmente, está dentro desse processo”, criticou.
 
Importante lembrar que a Emater é a única que chega nas comunidades tradicionais, nos agricultores familiares mais excluídos, e nos municípios que não tem condições, auxiliando na elaboração de projetos de agroindústria familiar.
© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Deputados

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia
Rádio Assembleia
SEMINÁRIO - PROCURADORIA DA MULHER
COMISSÃO DE SEGURANÇA, SERVIÇOS PÚBLICOS E MODERNIZAÇÃO DO ESTADO
» Veja mais

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30