Mandato
Comitiva gaúcha reforça: reajuste do preço mínimo da uva precisa cobrir pelo menos alta de custos
Patrícia Meira Cardoso - MTE 9327 | PSB - 15:34 - 21/10/2021 - Foto: Divulgação
Em audiências nesta quinta-feira (21) com o secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo, Cesar Halum e com o secretário de Política Agrícola Guilherme Bastos Filho, no Ministério da Agricultura (Mapa), em Brasília, comitiva gaúcha reforçou a necessidade de que o reajuste do preço mínimo da uva para a safra 2021/2022 cubra pelo menos a elevação de 23% dos custos de produção, defasagem que já pode ser superior uma vez que o cálculo foi realizado pelo Dieese em julho. De acordo com o estudo, o custo variável é de R$ 1,34 o quilo.

Esta é a segunda rodada da negociação, iniciada durante a Expointer com a ministra Teresa Cristina. Participaram das audiências marcadas pelo presidente da Frente Parlamentar da Agricultura Familiar, deputado Heitor Schuch, o coordenador da Frente Parlamentar da Vitivinicultura da Assembleia Legislativa, deputado Elton Weber (PSB), pelo presidente da Comissão Interestadual da Uva, Cedenir Postal, o vice-presidente da Fetag/RS, Eugênio Zanetti, e o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Flores da Cunha e Nova Pádua, OIir Schiavenin.

Pela lei, o preço mínimo tem de ser estabelecido até o final de novembro, num processo que envolve Mapa, Conab, Ministério da Economia e Conselho Monetário Nacional. Weber fará novo contato com o governo federal em dez dias, antes do Ministério da Economia bater o martelo sobre o valor. “O preço mínimo deve remunerar de forma justa o agricultor, cobrindo custo e gerando lucro. Percebemos que houve receptividade do governo, seguiremos acompanhando a evolução da análise”.

O grupo solicitou ainda uma linha específica de crédito para a compra da safra, com prazo de 12 meses para capital de giro, até a venda do produto final e a inclusão da uva na cesta básica.
© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Deputados

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia
Rádio Assembleia
SEMINÁRIO - PROCURADORIA DA MULHER
COMISSÃO DE SEGURANÇA, SERVIÇOS PÚBLICOS E MODERNIZAÇÃO DO ESTADO
» Veja mais

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30