Você está em:Coleta de Orçamentos
Coleta de Orçamentos

A partir de 2016, sobretudo com a edição da Resolução de Mesa n.º 1.415, de 12 de julho de 2016 da Assembleia Legislativa do RS, a Central de Compras e Contratos/DCAP abarcou, em caráter oficial, mais uma atribuição: tornou-se o setor responsável por todas as coletas de orçamentos destinadas às demandas de compras/contratações deste Poder Legislativo [seja destinada a uma licitação, seja voltada a uma cotação eletrônica (= compra de pequeno valor)].

O intuito da Central de Compras e Contratos (CCC) ao trazer para si a atribuição de coletar orçamentos reside, essencialmente, em auxiliar todos os gestores da AL-RS em seus processos de compras/contratações. 

 

Para realizar essa coleta de orçamentos, a CCC utiliza, via de regra, 2 metodologias modernas, condizentes com diplomas legais e, ainda, amplamente recomendadas pelo TCU:

1 - Encaminha as solicitações de orçamento via e-mail utilizando, para tal, as listagens de fornecedores com credenciamento ativo no portal de compras eletrônicas CELIC/Banrisul (plataforma da internet que a AL-RS utiliza, mediante convênio, nos pregões eletrônicos e nas cotações eletrônicas que realiza amiúde), em atividades correlatas aos objetos demandados. Vale dizer, busca, no referido portal de compras da internet, listas de fornecedores de acordo com o objeto desejado [na(s) família(s) afim(ns) ao escopo em questão, obtém o e-mail dos fornecedores com credenciamento ativo junto a esse portal eletrônico]  e envia a solicitação de orçamento. Tal método de coleta assegura, via de regra, orçamentos reais e válidos, visto que são encaminhados por fornecedores já habituados a participar de compras públicas e que, até mesmo em virtude disso, estão com as certidões obrigatórias de regularidade devidamente válidas (de modo geral).

 

2 - Promove pesquisa junto ao portal eletrônico supracitado em busca de compras recentes análogas aos objetos demandados que tenham sido homologadas por outros órgãos públicos [modo de balizamento de preço moderno e altamente recomendado (seja pelo TCU, seja por normativas), por tratar-se de um preço real de mercado praticado em compra pública recente];

A UTILIZAÇÃO, POR PARTE DOS GESTORES DA AL-RS, DESSE SERVIÇO DE SUPORTE PRESTADO PELA CENTRAL DE COMPRAS E CONTRATOS/DCAP SE OPERACIONALIZA DA SEGUINTE FORMA:

Nos termos da já mencionada Resolução de Mesa n.º 1.415/2016, o gestor deve elaborar o Termo de Referência [utilizando, para isso, o Modelo Padrão de TR disponível para download aqui no portal de compras da AL-RS - igualmente em consonância com as diretrizes da RSM n.º 1.415/2016)], no qual irá descrever o objeto demandado, mas sem indicar o referencial de preço. 

Ato contínuo deve encaminhar o TR para ciência de seu superior hierárquico e da autoridade competente correspondente (no âmbito deste Parlamento, a autoridade competente equivale aos superintendentes). Após essas ciências, o processo será remetido à Central de Compras e Contratos para que realize a coleta de orçamentos. 

Uma vez concluída a fase de coleta, há 2 encaminhamentos possíveis (previstos nos fluxogramas da aludida Resolução de Mesa):

- Tratando-se de coleta de orçamento que irá instruir posterior licitação, o processo deve ser devolvido ao gestor para que, de posse dos  orçamentos e tendo o referencial de preço, finalize o seu TR e remeta à aprovação formal, por parte da autoridade competente;

- Tratando-se de coleta que irá instruir subsequente cotação eletrônica [quando o valor referencial não extrapolar o limite legal de 8 mil reais (no caso de compras ou serviços comuns) ou de 15 mil reais (no caso de serviços de engenharia)], o processo deve ser encaminhado à autoridade competente a fim de que, ciente dos orçamentos obtidos, autorize a realização da compra/contratação mediante cotação eletrônica  e devolva o expediente à Central de Compras e Contratos - setor responsável, também, pela realização de tal disputa.

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30