SESSÃO SOLENE
Semana da Enfermagem é homenageada pela ALRS em sessão solene
Letícia Rodrigues* - MTE 9373 | Agência de Notícias - 16:00 - 18/05/2022 - Edição: Sheyla Scardoelli - MTE 6727 - Foto: Celso Bender
Na tarde desta quarta-feira (18), a Assembleia Legislativa realizou sessão solene em homenagem à Semana da Enfermagem, celebrada de 12 a 20 de maio de 2022. A realização da homenagem foi definida pela Mesa Diretora e contou com a presença, no Plenário 20 de Setembro, de representantes dos Conselhos Regional e Federal de Enfermagem, da Defensoria Pública do Estado, da Secretaria de Estado da Saúde, do Conselho Estadual de Saúde, do Sindicato dos Enfermeiros no Estado do RS, do Fórum Nacional das 30 horas, do Sindisaúde, do Conselho Regional de Psicologia, da Secretaria de Saúde de Porto Alegre, do Fórum dos Conselhos Regionais e Órgãos de Profissões Regulamentadas no RS e da Associação Brasileira de Enfermagem. 

O presidente da Casa, Valdeci Oliveira (PT), disse que a sessão solene é uma justa homenagem às mulheres e homens que dedicam suas vidas a cuidar e salvar a nossa. "É um reconhecimento às mulheres e homens que continuam na linha de frente para tratar e cuidar da população que chega aos hospitais vítima de uma pandemia que, apesar da insistência de alguns e do relaxamento das medidas e protocolos, não terminou e se mostra resistente", destacou, lembrando que somente ontem (17), ocorreram mais de 220 óbitos no país por conta da Covid-19. O parlamentar ressaltou que, apesar da importância desses profissionais de saúde, apenas no início do mês, com a aprovação do projeto de lei do senador Fabiano Contarato (PT/ES), tiveram reconhecido seu direito a um piso salarial que, se não o ideal, muito melhor e mais justo do que vinham recebendo como salário. "Mas a luta ainda não terminou. Falta a matéria ser sancionada pelo presidente da República, que vem condicionado isso à indicação da fonte de custeio", acrescentou. Também citou que segue a luta por uma carga horária de trabalho justa de 30 horas. 

Pela bancada do PT, Pepe Vargas argumentou que, ao homenagear a Semana da Enfermagem, a ALRS proporciona mais um momento para refletirmos sobre o importante papel desses profissionais de saúde na nossa sociedade. Explicou que as atividades ligadas à área da saúde são difíceis e duras, especialmente por presenciar a fragilidade dos pacientes e que é preciso muita empatia por parte dos profissionais da área, saber ouvir, criar vínculo e uma dose amor. "E os profissionais da Enfermagem no nosso país têm cumprido esse papel", afirmou. O parlamentar também refletiu sobre os avanços e conquistas desses profissionais, citando a aprovação do piso regional da categoria. Defendeu que o debate sobre o custeio do piso precisa ser devidamente colocado, com financiamento ao SUS e fim da Emenda Constitucional 95 para alocar mais recursos para a saúde. "Queremos aplausos sim, mas mais do que aplausos é importante o reconhecimento, a valorização da carreira e a valorização salarial", finalizou. 

Em nome do PSB, Elton Weber agradeceu o trabalho incansável de homens e mulheres que escolheram as profissões da Enfermagem. Também defendeu que esses profissionais devem ser melhor valorizados pela sua extrema importância e que cuidaram da saúde da população no momento mais difícil da nossa história. "Verdadeiros heróis. É assim que podemos chamá-los", afirmou, referindo-se à atuação da categoria durante a pandemia. Lembrou que, inclusive, muitos perderam suas vidas para salvar outras na pandemia. Citou também a recente vitória da aprovação do piso, depois de votação histórica na Câmara dos Deputados. Lembrou que a batalha continua, já que o Orçamento da União deve ser adequado para garantir o pagamento desse piso e, portanto, todos temos que trabalhar para manter e colocar mais recursos no SUS.  

Representando o PSOL, Luciana Genro fez seu pronunciamento de forma virtual por estar com Covid-19. Ela disse que, vivenciando a Covid, sem necessitar de hospitalização, teve a oportunidade de refletir o quanto os enfermeiros e enfermeiras são fundamentais neste momento em que as pessoas fragilizadas pela doença e hospitalizadas necessitam de acompanhamento e carinho para superar a situação. "Tivemos uma enorme vitória, que foi a conquista do piso da Enfermagem, mas ela ainda não está completa porque a gente precisa fazer com que, de fato, ela seja cumprida. E a gente sabe o quanto o machismo influencia no mau pagamento das categorias que são ocupadas majoritariamente por mulheres", enfatizou, citando também a luta pelo pagamento do piso do magistério. Afirmou ainda se somar às demais lutas dos trabalhadores da saúde e que ainda falta a garantia das 30 horas para os profissionais da Enfermagem. 

Pela bancada dos Progressistas, o deputado Issur Koch, que é filho de enfermeira e tem outros parentes vinculados à profissão, disse que além da homenagem é preciso agradecer o empenho e trabalho abnegado desses profissionais da saúde, "uma das tarefas mais justas e nobres da sociedade é cuidar do próximo". Relatou que no período em que foi vereador em Novo Hamburgo, anualmente eram feitas comitivas até Brasília para reivindicar pelas 30 horas para a enfermagem, pauta que ainda não avançou, embora o piso salarial tenha sido aprovado. Desejou vida longa aos enfermeiros e técnicos de enfermagem pela nobre missão que desempenham.
 
Presidindo a Mesa no encerramento da homenagem, a deputada Sofia Cavedon (PT) comemorou a conquista do piso salarial da categoria alcançado esta semana em Brasília, mas lamentou que "os tempos arbitrários" estejam precarizando cada vez mais os espaços de trabalho desses profissionais. Referiu a privatização e terceirização dos serviços de saúde em Porto Alegre como exemplo do que acontece na maior parte do país, com a criação de multivínculos de trabalhadores no mesmo espaço e a desresponsabilização com esses profissionais. Comentou que a Semana da Enfermagem tem início no dia 12 de maio, dedicado aos profissionais da enfermagem, e se encerra no dia 20 de maio, que é dedicado aos auxiliares e técnicos em enfermagem, "mas no meio dessa semana temos o aniversário do Sistema Único de Saúde", acrescentou a deputada, "um dos melhores sistemas de saúde do mundo que no último ano sofreu perda de R$ 40 bilhões do orçamento federal", resultado da aplicação do teto de gastos.
 
Por meio virtual, deputado Dr. Thiago Duarte (União) enfatizou a importância da enfermagem para o atendimento qualificado dos pacientes e manifestou “total solidariedade à luta pelo piso nacional da categoria”. “Se fosse um projeto estadual, teríamos, sem dúvida alguma, votado favorável. Nós, que lutamos por carreiras públicas dignas e adequadas, especialmente na área da saúde, estamos à disposição para ajudar na implementação dessa conquista no estado e nos municípios”, frisou.

* Colaboração de Francis Maia e Olga Arnt
© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Sessão Solene

PESQUISA DE NOTÍCIAS
Termo
Período
   


TV Assembleia
Rádio Assembleia

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30