Você está em Procuradoras
Procuradoras

Procuradora da Mulher

Deputada Sofia Cavedon (PT)


  

Sofia Cavedon é de Veranópolis/RS, professora, sindicalista, ex-secretária da Educação na gestão da Administração Popular, ex-vereadora (por 5 mandatos) da capital gaúcha, foi presidenta da Câmara Municipal de Porto Alegre. Criou no RS a primeira Procuradoria da Mulher em um Legislativo a presidindo por duas gestões e a Mostra de Artes Cênicas do Teatro Glênio Peres. Construtora da Escola Cidadã atua em defesa da Educação pública, de qualidade e não sexista. 

Deputada Estadual pelo PT em seu primeiro Mandato, presidiu de 2019 a fevereiro de 2021 a Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa. Este ano é vice na Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da ALRS. Assumiu neste 09 de março a presidência da Procuradoria Especial da Mulher na ALRS e é autora da Lei Estadual 15.484/2020, e da Lei Municipal  12.507/2019, de Porto Alegre, (quando vereadora), que dão base  legal à educação não sexista nas redes de ensino e estimula municípios a terem leis próprias.  As leis trazem diretrizes para ações contra a reprodução do machismo e prevenção à violência nas escolas. Sofia é Mestranda em Políticas Públicas pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais/Flacso.


Procuradoras Adjuntas

Deputada Luciana Genro  (PSOL)



Luciana Genro é militante há mais de 30 anos. Advogada, mestre em filosofia do direito e fundadora do PSOL. Fundadora do Emancipa RS, movimento de educação popular e que fornece pré-vestibular e pré-ENEM gratuito a jovens de baixa renda, e da Emancipa Mulher, escola feminista e antirracista. 

Durante a atual legislatura, a única política pública para acolhimento de mulheres vítimas de violência doméstica só foi possível por conta da emenda parlamentar de Luciana. O projeto se chama "Acolhendo Vidas" e comprou vagas em abrigos para acolhimento de mulheres vítimas de violência doméstica. Luciana também é autora do Projeto de Lei Menstruação sem Tabu, que prevê doação de absorventes para mulheres e pessoas transexuais de baixa renda, além de espaços de debate sobre esse processo natural nas escolas, para que mais estudantes se conscientizem sobre isso e não precisem faltar aulas ou deixar de frequentar espaços por conta da menstruação.

"Precisamos lutar pela ampliação de políticas públicas para mulheres, contra o feminicídio que vem aumentando no nosso estado. A procuradoria da mulher cumpre um papel importante no acolhimento e na informação para essas mulheres. Vamos juntas!", diz Luciana após assumir o cargo de procuradora adjunta da Procuradoria da Mulher

Deputada Juliana Brizola (PDT)


Juliana Brizola é gaúcha, tem 46 anos e é mãe de dois filhos: José Inácio e Angelina. Formada em Direito pela Universidade Santa Úrsula (RJ), é Mestre em Ciências Criminais pela PUCRS. Em 2008, pautada pela herança política do avô Leonel Brizola, foi eleita vereadora de Porto Alegre. Em 2010, impulsionada pela militância partidária e diante da necessidade de ampliar a luta trabalhista e Brizolista, foi eleita Deputada Estadual. 


Suas bandeiras sempre foram a da educação, direito das mulheres e a defesa dos servidores e patrimônio público. Na Assembleia, aprovou projetos importantes para a mãe trabalhadora, como a escola em tempo integral e as salas de apoio à amamentação. 


Deputada Franciane Bayer  (PSB)

Natural de Santa Maria, bacharel em Direito, casada, mãe e cristã, Franciane Bayer foi eleita deputada estadual em 2018, pelo PSB/RS, com 40.317 mil votos. Defende uma política voltada para o desenvolvimento do Estado e a valorização do ser humano. Tem como compromisso trabalhar pelo povo gaúcho, alinhada aos princípios e valores cristãos em defesa da fé, da família e da vida.


Em seu primeiro mandato, Franciane foi eleita como procuradora Especial da Mulher da Assembleia Legislativa de 2021. À frente do órgão, a deputada teve como prioridade intensificar as ações de combate à violência contra as mulheres no Estado, buscando o diálogo com os órgãos públicos responsáveis pelas políticas para as mulheres, bem como com a sociedade civil que também desempenha um importante papel no combate violência doméstica. Também fomentou a criação de procuradorias da mulher nas câmaras de vereadores, como forma de ampliar o debate sobre o tema e o apoio às mulheres em situação de violência ou vulnerabilidade. Além de atuar como procuradora, Franciane passou a integrar a nova diretoria do Bloco Brasileiro da União de Parlamentares Sul Americanos e do Mercosul (UPM), assumindo a Comissão de Mulheres do Bloco.


Histórico

  • 2022 - Sofia Cavedon (PT)
  • 2021 - Franciane Bayer (PSB)
  • 2020 - Silvana Covatti (PP)
  • 2019 - Kelly Moraes (PTB)
  • 2018 - Manuela D’Ávila (PC do B)
  • 2017 - Manuela D’Ávila (PC do B)
  • 2016 - Stela Farias (PT)
  • 2015 - Stela Farias (PT)

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30